PSOL de Caxias do Sul decide apoiar Pepe Vargas - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante17/09/2020 | 14h50Atualizada em 17/09/2020 | 14h50

PSOL de Caxias do Sul decide apoiar Pepe Vargas

Núcleo que defendia candidatura própria diz que não fará campanha para o petista

PSOL de Caxias do Sul decide apoiar Pepe Vargas Wilson Cardoso/Divulgação
Foto: Wilson Cardoso / Divulgação

O PSOL decidiu participar da coligação "Caxias pra Frente", apoiando os pré-candidatos Pepe Vargas (PT) e Claudio Libardi Junior (PCdoB), respectivamente a prefeito e vice. A decisão unânime foi tomada pelo diretório em convenção nesta quarta-feira (16).

Segundo o presidente do PSOL, Lucas Matheus de Souza, a definição teve como base a construção de uma unidade no campo da esquerda como medida necessária ao enfrentamento à "política liberal excludente e a consequente precarização dos serviços públicos, visando à privatização dos mesmos".

Leia mais
Convenção do PSOL de Caxias do Sul é suspensa por desentendimentos internos

_  A falta de uma política efetiva de enfrentamento à pandemia torna quase que impossível qualquer afirmação sobre a economia municipal, gerando instabilidade nos empregos. Diante disso, afirmamos nosso compromisso ao lado dos trabalhadores e da comunidade caxiense em geral _ declarou Lucas.

O PSOL tem quatro pré-candidatos a vereador.

Polêmica continua

A exemplo do que ocorreu no dia 12 de setembro, as divergências prosseguem. Renata de Paula, que tinha sido indicada pelo Núcleo Marielle Franco do PSOL em Caxias como nome para concorrer a prefeita, enviou nota na noite de quarta, dizendo que a base do partido não apoiará o PT.

"Não reconhecemos a legitimidade dessa convenção convocada ao arrepio dos estatutos do partido. Também não reconhecemos a legitimidade deste diretório municipal que não foi eleito, mas empossado com base em acordos costurados, sabe-se lá com quem ou em que instância partidária, à revelia da base do partido [...] Quaisquer que forem as decisões adotadas por esta convenção ilegítima, a base do partido reafirma a sua posição de não apoiar a chapa do PT/PCdoB nas eleições municipais em Caxias do Sul. Não contem conosco para esta campanha", diz a nota.

Leia também
PROS define apoio a Adiló Didomenico para disputa à prefeitura de Caxias
Escolhas de Daniel Guerra para a disputa à prefeitura de Caxias não surpreendem

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros