A união previsível de PT e PCdoB na disputa à prefeitura de Caxias do Sul - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante04/08/2020 | 20h35Atualizada em 04/08/2020 | 20h38

A união previsível de PT e PCdoB na disputa à prefeitura de Caxias do Sul

"Quando lançamos o Vanius, era outra conjuntura política", justifica o presidente do PCdoB sobre retirada da pré-candidatura

A união previsível de PT e PCdoB na disputa à prefeitura de Caxias do Sul Facebook PCdoB Caxias do Sul/Reprodução
Conferência em novembro do ano passado, na eleição da direção do PCdoB, com a presença da presidente do PT, Joceli Veadrigo (na tribuna) Foto: Facebook PCdoB Caxias do Sul / Reprodução

Fim das especulações. O PCdoB será mesmo vice de Pepe Vargas (PT) na disputa à prefeitura de Caxias do Sul. A confirmação veio em nota do presidente do PCdoB, Paulo Freitas, nesta terça-feira (4).  Vanius Corte, que havia sido lançado pré-candidato a prefeito ainda em maio do ano passado, não será o candidato a vice.

Leia mais
PCdoB irá apoiar pré-candidatura de Pepe Vargas a prefeito de Caxias do Sul

Vanius é gerente regional da Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia (antigo Ministério do Trabalho e Emprego). Sobre a saída de Vanius da disputa, Freitas disse:

– Quando lançamos o Vanius, era outra conjuntura política. O agravamento das crises econômica e sanitária nos levaram a refletir melhor. Em nível nacional, o partido tem como tarefa prioritária defender a vida, a democracia e os direitos dos trabalhadores. Retirar o Vanius de um posto estratégico e de uma função que lhe permite defender a vida e o direito dos que trabalham seria contraditório com a orientação tática do partido nesse momento. Ainda mais considerando-se que, em razão da sua ausência, outro não comprometido com esses valores possa assumir um posto que hoje é de resistência. Essa conclusão é consenso Vanius/partido.

Ele diz que o ex-pré-candidato vai desempenhar tarefas importantes na coordenação da campanha.

Um nome que circula como cotado para a candidatura a vice é o do jornalista Roberto Carlos Dias. Não foi à toa a manifestação do vice-prefeito Elói Frizzo (PSB) em postagem do jornalista, rebatendo críticas feitas à prefeitura em função das medidas sobre a pandemia e o distanciamento controlado. Frizzo disse num trecho da postagem: "Como outros, você também só enxerga votos pela frente". 

Em relação a Roberto Carlos, o presidente do PCdoB declarou:

– O Roberto tem tarefas importantes na direção, ainda mais em tempos como os atuais, onde a comunicação vai jogar papel decisivo na eleição em razão das limitações sanitárias. De todo modo, ainda não iniciamos o debate interno, o que deverá ocorrer em seguida. Não está descartado nem confirmado. Não iniciamos sequer o debate interno. Não cogitamos por ora nenhum nome.

A união do PT e do PCdoB era esperada na segunda maior cidade do Estado. Em Porto Alegre, o petista Miguel Rossetto é vice de Manuela D’Ávila, do PCdoB. 

:: Abgail Pereira (PCdoB), a Biga, que foi candidata ao Senado, a vice-governadora e a vice-prefeita, é pré-candidata a vereadora em Porto Alegre. 

Leia também
333 mil pessoas estão aptas a votar na próxima eleição em Caxias
Vice-prefeito de Caxias volta a reagir contra críticas nas redes sociais
"Quero crer que iremos estabilizar a propagação em agosto", diz vice-prefeito sobre o coronavírus em Caxias 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros