Vice-prefeito de Caxias e ex-vereador cassado de Bento Gonçalves trocam informações - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante20/07/2020 | 12h09Atualizada em 20/07/2020 | 12h09

Vice-prefeito de Caxias e ex-vereador cassado de Bento Gonçalves trocam informações

Moacir Camerini, que é pré-candidato a prefeito pelo PSB, esteve com Frizzo 

Vice-prefeito de Caxias e ex-vereador cassado de Bento Gonçalves trocam informações Facebook Moacir Camerini/Reprodução
Adriano Boff, Moacir Camerini, Paula Camerini e Elói Frizzo Foto: Facebook Moacir Camerini / Reprodução

Quem esteve conversando com o vice-prefeito Elói Frizzo (PSB) na semana passada foi o ex-vereador de Bento Gonçalves Moacir Camerini, que é pré-candidato a prefeito pelo PSB. A visita contou com a presença do presidente do PSB de Caxias e também CC na Câmara, auxiliar de bancada do partido, Adriano Boff. Também estava a pré-candidata a vereadora Paula Camerini, irmã de Moacir.

Leia mais
Ex-vereador cassado é pré-candidato a prefeito em Bento Gonçalves

É no mínimo inusitado, uma vez que Camerini teve o mandato cassado pelo Legislativo de Bento. Frizzo foi um dos principais articuladores do impeachment de Daniel Guerra (Republicanos) e em seguida virou vice. Assunto não deve faltar quando se trata de processos de cassação.

– Sim, falamos sobre a questão do Guerra, comparei. A minha cassação foi extremamente política, sem motivo, onde identificamos erros cruciais no andamento dos trabalhos da CPI na Câmara de Bento – disse Camerini.

"Iniciativas que estão dando certo"

Camerini disse que a visita se deu porque está buscando iniciativas que estão dando certo em outros municípios para montar uma proposta de governo para atacar os principais gargalos de Bento Gonçalves. 

– O foco principal é uma melhor atenção na área da saúde, entre elas: finalizar o hospital público, aumentar o número de profissionais nas unidades de saúde, desafogar as filas de espera de cirurgias em geral, sendo que atualmente há milhares de pessoas, programas de incentivo à vinda de novos hospitais particulares na cidade. 

Citou ainda políticas públicas na área educacional, como a falta de vagas de creches.

–  Estamos estudando formas de enxugamento da máquina pública, redução de cargos de confiança – disse Camerini.

Vale lembrar, porém, que o governo tampão em Caxias não é o mais indicado em termos de economia em nomeações de CCs.

Leia também
Cresce a lista de pré-candidatos a prefeito em Caxias do Sul
Chico Guerra revida e questiona medidas da prefeitura de Caxias sobre covid-19



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros