Novas críticas à falta de debate de projetos do Executivo pela Câmara de Caxias - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante09/07/2020 | 09h17Atualizada em 09/07/2020 | 09h17

Novas críticas à falta de debate de projetos do Executivo pela Câmara de Caxias

Vereador Alberto Meneguzzi (PSB) foi à prefeitura pedir aprimoramento do diálogo

Novas críticas à falta de debate de projetos do Executivo pela Câmara de Caxias Andréia Copini/Divulgação
Velocino Uez e Alberto Meneguzzi com secretária de Governo, Grégora Fortuna dos Passos Foto: Andréia Copini / Divulgação

Na terça-feira (7), a vereadora Denise Pessôa (PT) criticou a falta de discussão de projetos do Executivo pela Câmara de Vereadores. Chegou a usar a expressão "passa boi, passa boiada" para exemplificar. Na quarta-feira (8), foi a vez do vereador Alberto Meneguzzi (PSB) se reunir com a secretária de Governo, Grégora Fortuna dos Passos, e com o líder de governo no Legislativo, vereador Velocino Uez (PTB). E o principal tema foi a tramitação dos projetos do Executivo. 

Leia mais
Vereadora critica relação da Câmara com prefeitura de Caxias: "passa boi, passa boiada"

Meneguzzi pediu que a pauta de votação destas matérias seja melhor discutida com os vereadores. Entre eles, citou os projetos de contratação da Fundação Universidade de Caxias do Sul (Fucs) para a gestão da Unidade de Pronto- Atendimento (UPA) Zona Norte e o de prorrogação do Financiarte, entre outros recentemente apreciados.

– Tem projetos que a gente fica sabendo na véspera da votação em sessão extraordinária. Apesar de o governo municipal estar apresentando os projetos aos vereadores, em alguns casos, não estamos tendo o tempo necessário para estudar bem as matérias. É importante que haja mais aprimoramento no diálogo entre Executivo e Legislativo na discussão desses projetos. É uma falha de comunicação e de diálogo que não pode acontecer – afirma.

Meneguzzi é segundo-secretário da Mesa Diretora da Câmara e vai sugerir que a pauta de votação das sessões seja definida em reunião com os líderes das bancadas. 

Ele disse ao Mirante que não se trata de má-fé, mas que deveria haver uma construção antecipada do Executivo com os vereadores, e na Câmara deveria ter mais reuniões de líderes para definir a pauta, comum em qualquer parlamento.

– Acho que é uma falha de comunicação, os projetos não são ruins. Ontem (terça-feira), foram protocolados quatro projetos e não há um contato com o vereador. O pessoal vem aqui e apresenta projetos, mas às vezes não dão detalhes, e daí a pouco eles aparecem na pauta da Câmara  – disse Meneguzzi.

E prosseguiu:

– A gente deveria ser avisado com antecedência, sim, dos projetos para poder ter acesso a eles, estudar e aprovar com mais tranquilidade. Entendo como um procedimento que o pessoal não se entendeu ainda de como fazer esse contato com os vereadores. 

"Assuntos conversados há anos", diz Daneluz

Diante da reação dos dois vereadores, o presidente da Câmara, Ricardo Daneluz (PDT), diz que a Casa tem votado matérias extremamente importantes. 

E cita o Programa de Regularização Arquitetônica "Caxias Legal", aprovado na terça-feira, e que motivou a manifestação de Denise.

– Recebemos diversos projetos do Executivo, que têm uma urgência para serem apreciados. Tenho visto uma vontade muito grande do prefeito (Flávio) Cassina em deixar condições melhores para a sociedade, como o projeto de convênio entre a UCS e UPA Zona Norte, esse do "Caxias Legal", que vai oportunizar a regularização de milhares de imóveis, entre outros – defendeu Daneluz.

O presidente disse que tem buscado colocar os projetos em pauta dentro de prazos em que não prejudique a população. 

– E diga-se de passagem, todas essas matérias são conhecidas por todos, por mais que os projetos sejam novos, os assuntos são conversados há anos.

Daneluz destacou que naturalmente os políticos são criticados por demorar para votar projetos e "não por agilizar, que é o que estamos fazendo".

– Recebo as críticas com humildade, temos 23 vereadores na Câmara e cada um pensa de uma forma. E da minha parte vamos buscar melhorar, buscar espaçar mais os projetos – reagiu o presidente.

Leia também
PSB de Caxias torce para que PDT e MDB se acertem para disputa à prefeitura


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros