Deputado diz que manterá apoio a pré-candidatos do PSDB na disputa à prefeitura em Caxias do Sul - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante19/05/2020 | 10h15Atualizada em 19/05/2020 | 11h41

Deputado diz que manterá apoio a pré-candidatos do PSDB na disputa à prefeitura em Caxias do Sul

Manifestação de Neri, O Carteiro deve-se à possibilidade de intervenção da executiva estadual do Solidariedade 

Deputado diz que manterá apoio a pré-candidatos do PSDB na disputa à prefeitura em Caxias do Sul Gabriel Rodrigues/Divulgação
Videoconferência de abril quando foi definido apoio à chapa dos tucanos Adiló e Paula Foto: Gabriel Rodrigues / Divulgação

O deputado estadual Neri, O Carteiro reagiu à manifestação do secretário-geral de seu partido, o Solidariedade, Carlos Alberto Varreira, sobre uma possível intervenção na comissão provisória da sigla em Caxias do Sul. Neri disse que é o único deputado do partido e precisa escolher pessoas para trabalhar com ele.

A manifestação da executiva estadual do Solidariedade foi feita mediante nota. Será decidido sexta-feira (22) se haverá intervenção e até se entrará na Justiça para tentar tomar o mandato de Neri. Também se volta contra a manutenção em cargos de confiança filiados a outros partidos políticos. É o caso da chefe de gabinete, agora no PSDB, jornalista Marisol Santos. O deputado atribui à questão técnica o fato de sua chefe de gabinete ser de outra sigla. Afirma que é  uma pessoa preparada e que a questão partidária não muda nada .

– Ela (Marisol) é chefe de gabinete por uma questão de competência.

Por outro lado, diz o deputado, o secretário-geral do Solidariedade no Estado, Carlos Alberto Varreira, era funcionário da bancada do partido na Assembleia, mas não comparecia para trabalhar e foi exonerado.

Leia mais
Partido do deputado Neri, O Carteiro pode sofrer intervenção da executiva estadual, em Caxias

Sobre filiados que deixaram o SD para concorrer por outra sigla, ele explica que deve-se ao fato de o partido ter muito mais nomes do que vagas para disputar a vereador e por isso deixaram aberto para que pudessem ir para outra sigla e concorrer.

– Temos nominata completa (35 nomes). Não podem (a direção estadual) reclamar.

E acrescenta:

– Sou vice-presidente estadual e nunca fui chamado para uma prestação de contas. Se entenderem que não posso ficar no comando, vou respeitar. É um partido de uma pessoa só – afirma, referindo-se ao presidente estadual Claudio Janta.

Quanto à possibilidade de intervenção e que anularia o apoio já anunciado aos pré-candidatos Adiló Didomenico e Paula Ioris, ambos do PSDB, para a disputa à prefeitura de Caxias, adiantou:

– Espero que não aconteça, mas vamos apoiar (Adiló e Paula) sem partido (se ocorrer a intervenção). Já abri meu voto. Vou trabalhar para eles.

Sobre os cargos, o secretário-geral lembra que foi assinado um termo na convenção de 2018 concordando que as indicações na bancada seriam feitas pelo partido (o deputado indicaria apenas os cargos de seu gabinete). Neri revida dizendo que se deu de forma autoritária e que judicialmente não tem valor.

O presidente do SD em Caxias, Márcio Amaral, também coordenador da bancada do Solidariedade na Assembleia, reforça que, por já estarem com a nominata completa, deixaram à vontade que os filiados do partido escolhessem outra sigla para concorrer.

– Nós não direcionamos.

Em relação à intervenção, ele entende que não é motivo para isso, mas admite que a executiva tem esta autonomia, uma vez que em Caxias o SD tem comissão provisória.

Leia também
Novo prefeito de Farroupilha inicia mandato com mais de 20 exonerações e junção de pelo menos cinco secretarias
Vereador comemora cassação do prefeito de Farroupilha com "dança do caixão"

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros