Mauro Pereira volta a aparecer com Bolsonaro - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante31/03/2020 | 18h43Atualizada em 31/03/2020 | 18h43

Mauro Pereira volta a aparecer com Bolsonaro

Pela segunda vez em três dias, ex-deputado federal esteve com o presidente

Mauro Pereira volta a aparecer com Bolsonaro Facebook Jair Bolsonaro/Reprodução
Foto: Facebook Jair Bolsonaro / Reprodução

Pela segunda vez em três dias, o ex-deputado federal Mauro Pereira (MDB) esteve com o presidente Jair Bolsonaro à saída do Palácio da Alvorada. Se no domingo ele ficou atrás da grade de proteção, na manhã desta terça-feira (31). Mauro estava bem ao lado de Bolsonaro. Espaço dividido com o filho do presidente e deputado federal Eduardo Bolsonaro.

Leia mais
Ex-deputado federal leva pedidos a Bolsonaro devido à pandemia de coronavírus

Dava a impressão de que Mauro era assessor do presidente. Mas não, ele continua com o cargo de assessor parlamentar na Câmara dos Deputados.

— Estou aqui (em Brasília) de plantão e fui acompanhar o presidente do Sindicato dos Caminhoneiros (Junior, de Ourinhos, SP) e aí ele (Bolsonaro) me convidou para entrar — disse Mauro, acrescentando que gosta de trabalhar e pediu para ficar de plantão.

Na semana passada, os dois gravaram um vídeo em que Bolsonaro respondia à solicitações do ex-deputado.

Imprensa hostilizada

Durante a conversa de Bolsonaro com os populares, um cidadão passou a se manifestar contra a imprensa, que estava trabalhando no local.

— Vocês passam o tempo todo jogando os ministros contra o presidente. Coisa feia [...] Canalhice de vocês.

Bolsonaro gostou, claro, e incentivou que a imprensa fosse hostilizada. Cortou o repórter e mandou que o cidadão, que disse ter um canal na internet, continuasse.

— É ele que vai falar, não é vocês, não — disse Bolsonaro para os repórteres.

Como alguns profissionais da imprensa se retiraram, o presidente passou a dizer:

— Vai embora, vai abandonar o povo?

"É o jeito dele"

Questionado se concordava com a forma como o presidente trata a imprensa, já que estava junto nesse episódio, Mauro respondeu:

— A imprensa é de fundamental importância para a democracia. Eu sempre respeitei a nossa imprensa e vou continuar respeitando, a minha vida pública sempre foi com um contato direto com a imprensa. Eu respondo por mim, não posso falar em nome do presidente.

E emendou:

— É o jeito dele, ele tem uma maneira de ser, foi assim sempre.

Mauro mantém a mesma tática. Ele também mantinha relações de proximidade com o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (MDB), e o ex-presidente Michel Temer (MDB), de quem foi cargo em comissão (CC) como Assessor Especial do Gabinete Pessoal do Presidente da República.

Leia também
Prefeito de Flores da Cunha critica a falta de discurso único das autoridades sobre o coronavírus
"Não há uma cartilha que ensine a combater o vírus", diz prefeito de Flores da Cunha após fechar novamente o comércio
Câmara de Caxias do Sul se divide sobre isolamento como medida para prevenir o coronavírus

 
 
 
 
Pioneiro
Busca