Poderes do vice-prefeito de Caxias do Sul são ampliados - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante17/01/2020 | 07h30

Poderes do vice-prefeito de Caxias do Sul são ampliados

No governo tampão, Frizzo também é secretário municipal do Planejamento e seu ex-assessor comanda o Samae

Poderes do vice-prefeito de Caxias do Sul são ampliados João Pedro Bressan/Divulgação
Frizzo empossado por Cassina como secretário Foto: João Pedro Bressan / Divulgação

Elói Frizzo (PSB) ganha mais poder no governo tampão. Além de ser vice-prefeito, agora é secretário municipal do Planejamento. O Plano Diretor, motivo de muitas polêmicas quando a pasta era ocupada por Fernando Mondadori no Governo Daniel Guerra e Frizzo presidia a Comissão de Desenvolvimento Urbano, Transporte e Habitação (CDUTH), agora está em suas mãos. 

Sem qualquer surpresa, confirmou-se o que o prefeito Flavio Cassina (PTB) disse na entrevista coletiva, após empossados na chefia do Executivo, mediante eleição indireta no dia 9 deste mês. Cassina declarou na ocasião que sua vontade era de ter Frizzo em alguma secretaria e que seria a pasta que ele (Frizzo) escolhesse, pois é "eclético". 

Leia mais  
Prefeito de Caxias do Sul anuncia os nomes de 13 titulares do primeiro escalão

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), órgão que já foi presidido por Frizzo, também está sob seu comando, considerando que o titular do órgão é Idair Moschen, seu ex-assessor na Câmara de Vereadores. Moschen era assessor técnico da direção do Samae à época em que Frizzo era o diretor-presidente. Ele assumiu o posto principal quando Frizzo precisou se desincompatibilizar para concorrer à reeleição de vereador em 2016. 

Se Frizzo já era visto como a figura de maior controle no governo, por sua articulação pelo impeachment de Guerra, agora então...  Bem diferente do que ocorreu com o vice anterior, Ricardo Fabris de Abreu.

Mas, nos bastidores, as indicações políticas do "novo governo" estariam provocando desagrados a alguns vereadores. O vereador Adiló Didomenico (PTB) e Frizzo são considerados os principais loteadores de cargos.

E a área da Saúde, uma das mais importantes em qualquer governo, segue sem titular definitivo. É uma situação complicada, afinal, os governistas quando estavam na oposição a Guerra não poupavam no bombardeio diante das dificuldade nesta pasta. 

Na Câmara, a cada saída de um secretário de Saúde era uma saraivada de críticas. Cassina admite que está difícil compor o secretariado. 

Pelo período de apenas um ano e diante do clima tenso que a cidade vive, não vai ser fácil.

Leia também  
Republicanos entra com ação contra prefeito e vice de Caxias por não terem renunciado a cargos de vereador ao assumirem a prefeitura
Impeachment virou rotina em Caxias do Sul

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros