Novo presidente da Câmara de Caxias assumirá com polêmica do impeachment e em ano eleitoral - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante13/12/2019 | 16h20Atualizada em 13/12/2019 | 17h01

Novo presidente da Câmara de Caxias assumirá com polêmica do impeachment e em ano eleitoral

Ricardo Daneluz (PDT) acredita que decisão sobre mandato do prefeito Daniel Guerra será ainda em 2019

Novo presidente da Câmara de Caxias assumirá com polêmica do impeachment e em ano eleitoral Gustavo Tamagno Martins/Divulgação
Ricardo Daneluz, 30 anos, foi subprefeito de Vila Oliva Foto: Gustavo Tamagno Martins / Divulgação

Ex-subprefeito de Vila Oliva e em primeiro mandato de vereador, Ricardo Daneluz (PDT), 30 anos, chega à presidência da Câmara de Caxias do Sul falando em reforma administrativa. A posse será no dia 2 de janeiro, às 16h, no plenário do Legislativo.

Diante de tantas polêmicas — possibilidade de impeachment do prefeito Daniel Guerra (Republicanos), descrédito dos políticos e eleições municipais —, Daneluz define 2020 como um grande desafio para a Mesa diretora. 

Leia mais  
Ricardo Daneluz é eleito presidente da Câmara de Vereadores de Caxias para 2020

— Ano eleitoral, onde todos os vereadores de uma forma ou de outra estarão envolvidos. A possibilidade de haver o impeachment também é algo que movimenta bastante a Câmara, bem como toda a cidade. Vamos trabalhar com muita seriedade, dedicação e com tranquilidade para tomar as melhores decisões.

Daneluz acredita que o desfecho do processo de impeachment de Guerra ocorra ainda em 2019. Se a votação ficar para janeiro do próximo ano, ele é que estará na  presidência da Casa e, no caso de ocorrer o impeachment, assume como prefeito, até a realização de eleição indireta. 

Sobre o descrédito da sociedade em relação aos políticos, Daneluz entende que muitas pessoas colocam todos "no mesmo saco e, na realidade, as coisas não são bem assim".

— O que podemos fazer é ter transparência e um trabalho sério, sempre pensando no melhor para a cidade — define.

Em relação aos futuros cargos na Casa, ele diz que ainda não tem a equipe definida e que está sendo organizada.

Leia também  
"Trabalhadores merecem condições de trabalho", diz vereador, sobre cadeiras que custaram R$ 82,5 mil  
Concessão do transporte coletivo de Caxias tem data marcada para apresentação de propostas
Câmara de Vereadores de Caxias investe R$ 82,5 mil em cadeiras



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros