Vereador usa a Bíblia e cita novela para criticar prefeito de Caxias do Sul - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante27/11/2019 | 20h00Atualizada em 28/11/2019 | 08h31

Vereador usa a Bíblia e cita novela para criticar prefeito de Caxias do Sul

Rafael Bueno provocou indignação de vereadores evangélicos e foi chamado de "fanfarrão"

Vereador usa a Bíblia e cita novela para criticar prefeito de Caxias do Sul Daniel Corrêa/Divulgação
Rafael Bueno levou Bíblia para fazer comparação com novela Foto: Daniel Corrêa / Divulgação

A Câmara de Vereadores protagonizou nesta quarta-feira (27) uma sessão com muitas citações bíblicas com uso político. E mais: o vereador Rafael Bueno (PDT) se inspirou na novela A Dona do Pedaço, da Rede Globo, que terminou na semana passada. O foco, naturalmente, era o prefeito Daniel Guerra (Republicanos) e os desdobramentos do processo de impeachment.

Segundo o pedetista, o fim da novela mostrou que "muitos bandidos, muitas pessoas do mal, muitos delinquentes, muitos charlatões, políticos, se travestem através da Bíblia Sagrada. A gente sabe que muitos pegam a Bíblia na mão para pedir voto, iludem a população, usam até de megafone".

Bueno citou um provérbio: "Quem insiste no erro, depois de muita repreensão, será destruído, sem aviso e irremediavelmente. Quando os justos florescem, o povo se alegra; quando os ímpios governam, o povo geme."

— Ou seja, a Câmara de Vereadores avisou, as entidades avisaram, todo mundo avisou, todo mundo pediu, implorou o diálogo para o prefeito Daniel Guerra, para que ele pudesse estabelecer a paz aqui na nossa cidade, guerra que ele mesmo criou — disse.

O vereador citou outras passagens bíblicas, por exemplo: "Os zombadores agitam a cidade, mas os sábios a apaziguam", em referência ao prefeito.

Noveleiro

A novela também teve destaque. Bueno mencionou a personagem "Josiane", dizendo que, no final, estava com uma Bíblia, mas era uma criminosa e continuou enganando. Na novela, a personagem havia se tornado evangélica. Por fim, elogiou o autor , dizendo que retratou  os que usam da fé para ludibriar, principalmente na política.

Vereador Elisandro Fiuza (Republicanos) lê a Bíblia em resposta a Rafael Bueno (PDT)
Elisandro Fiuza também leu passagensFoto: Youtube / Reprodução

"Fanfarrão"

A fala de Rafel Bueno gerou a indignação dos dois vereadores evangélicos, Elisandro Fiuza (Republicanos) e Renato Nunes (PR). Fiuza o chamou de "fanfarrão". Nunes relembrou que Bueno arremessou tijolo contra um idoso, mas acrescentou que ficava feliz de vê-lo com uma Bíblia na mão. E definiu: "Nem tudo está perdido".

Fiuza, também leu passagens da Bíblia, e disparou:

— O senhor é um fanfarrão, um desrespeitoso, o senhor usa desse espaço público para falar de pessoas que verdadeiramente, por sua vez, independente de sua crença, da sua religião, e até mesmo de pessoas políticas, existe um percentual de pessoas idôneas, como também existe em qualquer espaço público, em qualquer religião, pessoas que infelizmente não dão bom testemunho.

Prosseguiu dizendo que Bueno foi desrespeitoso com toda uma sociedade evangélica.

Leia também  
Defesa do prefeito de Caxias obtém liminar para adiar depoimento de freis capuchinhos 
Falta de tempo de freis tenta dar mais prazo para prefeito de Caxias depor no processo de impeachment
PT de Caxias revida às declarações de vereador: "Foi eleito com o esforço de nossa militância"
Caxias do Sul terá bem mais candidaturas na eleição de 2020
Prefeito de Caxias visita Parque das Araucárias e divulga o tanque batismal
 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros