Câmara de Caxias do Sul deve convocar secretário municipal dos Transportes - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante20/11/2019 | 18h30Atualizada em 20/11/2019 | 18h43

Câmara de Caxias do Sul deve convocar secretário municipal dos Transportes

Comissão de Desenvolvimento Urbano, Transporte e Habitação cobra esclarecimentos sobre licitação do transporte coletivo

Câmara de Caxias do Sul deve convocar secretário municipal dos Transportes Lucas Amorelli/Agencia RBS
Requerimento vai pedir convocação de Cristiano de Abreu Soares Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

O secretário municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade, Cristiano de Abreu Soares, deverá ser convocado pela Câmara de Vereadores para prestar esclarecimentos sobre a licitação para a concessão do transporte coletivo urbano de Caxias do Sul para os próximos 10 anos. A medida foi anunciada na sessão desta quarta-feira (20) pelo vereador Elói Frizzo (PSB), presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano, Transporte e Habitação (CDUTH) da Câmara.

Leia mais  
Conheça as propostas do estudo para a concessão do transporte coletivo de Caxias do Sul

Segundo Frizzo, o requerimento de convocação será protocolado nesta quinta-feira (21) pela Comissão de Desenvolvimento Urbano, Transporte e Habitação e será votado na próxima terça-feira (26).

— Estamos loucos para saber as propostas que a secretaria está implementando e que pretendem, como diz o prefeito (Daniel Guerra, Republicanos), romper com o monopólio da Visate, a tal da Lava-Jato na Visate. Até agora, nós não tivemos conhecimento nenhum nesses três anos que aqui estamos. Estamos curiosos para sabermos os resultados da Lava-Jato na Visate, das chamadas planilhas da Visate — frisou o vereador na sessão da Câmara.

No último dia 14, o Governo Daniel Guerra apresentou à comunidade o estudo realizado para a abertura da licitação. Na ocasião, o secretário disse que o novo edital prevê que o transporte coletivo passe a ser prestado por duas empresas. 

Também está previsto que a fórmula como serão calculados os custos do serviço e, posteriormente, o valor da passagem, seja revista no novo edital. Soares afirmou que a tarifa será mais baixa que a atual. A concessão atual termina em maio de 2020. 

Leia também  
Ex-vereador de Caxias do Sul deixa o Governo Bolsonaro 
A fala do presidente da Câmara de Vereadores diante das ações governistas

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros