Vereadores do PDT de Caxias querem que 25ª Região Tradicionalista seja patrimônio cultural imaterial - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante19/09/2019 | 13h40Atualizada em 19/09/2019 | 13h49

Vereadores do PDT de Caxias querem que 25ª Região Tradicionalista seja patrimônio cultural imaterial

Ex-coordenador da entidade e ex-vereador, Jó Arse, participou da elaboração do projeto

Vereadores do PDT de Caxias querem que 25ª Região Tradicionalista seja patrimônio cultural imaterial Erick Oliveira/Divulgação
Ricardo Daneluz, Rafael Bueno, Jó Arse, Gustavo Toigo e Velocino Uez Foto: Erick Oliveira / Divulgação

Depois de o deputado estadual Luiz Marenco (PDT) ter protocolado projeto para tornar Caxias a Capital Estadual dos CTGs, acatando sugestão dos vereadores pedetistas Rafael Bueno e Ricardo Daneluz, a intenção agora é que a 25ª Região Tradicionalista (25ª RT) seja Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do município. Ou seja, deve ser preservada. 

Leia mais  
Deputado protocola projeto na Assembleia que torna Caxias do Sul a Capital Estadual dos CTGs

Esse é o teor do projeto de lei protocolado durante a Semana Farroupilha pela bancada do PDT na Câmara de Vereadores de Caxias. A defesa à proposta é de que reconhecer a 25ª Região Tradicionalista como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial fortalece a história e o trabalho que muitos fizeram em nome da manutenção das tradições.

A entidade tem sede em Caxias e abrange Farroupilha, Flores da Cunha, Nova Pádua, Nova Roma do Sul e São Marcos, concentrando 119 entidades tradicionalistas, entre CTGs e piquetes de laçadores.

Prevenção

Atualmente, o assessor da bancada do PDT é o ex-coordenador da 25ª RT Jó Arse. A Casa do Gaúcho foi inaugurada em julho de 2006, quando Jó era o coordenador. Conforme informações da prefeitura à época, "somente em 2006 o município (Governo José Ivo Sartori, MDB) investiu R$ 365 mil para conclusão do espaço. De 1997 a 2004, a prefeitura repassou R$ 212 mil à obra". O valor total da obra foi de R$ 900 mil. 

O projeto tenta evitar que o município peça a reintegração de posse.

Já o atual coordenador da 25ª é Rodrigo de Macedo Ramos, assessor político do vereador Renato Nunes (PR).

Leia também  
Portal da Transparência informa nova viagem do prefeito de Caxias e chefe de Gabinete 
Câmara de Vereadores de Caxias do Sul aprova sua versão do Plano Diretor
Solidariedade pretende estar na disputa a prefeito ou a vice, em Caxias
Em visita à Assembleia, ex-prefeito diz que não tem saudade de mandato eletivo
Ex-rainha da Festa da Uva se filia ao Solidariedade em Caxias do Sul
Dúvida e expectativa sobre Daniel Guerra na disputa à reeleição  

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros