Vereador do PDT tem encontro com presidente do DEM-RS - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante05/08/2019 | 21h19Atualizada em 05/08/2019 | 21h19

Vereador do PDT tem encontro com presidente do DEM-RS

Motivo foi a obtenção de verbas para HG. Recebeu convite para ingressar na sigla

Vereador do PDT tem encontro com presidente do DEM-RS Daniel Corrêa/Divulgação
Rodrigo Lorenzoni, Rafael Bueno e Michel Sonda conversaram na Assembleia Legislativa Foto: Daniel Corrêa / Divulgação

Depois de recorrer ao deputado federal do PSL Nereu Crispim, presidente do partido no RS, agora foi a vez de o vereador Rafael Bueno (PDT) procurar o deputado estadual do DEM, Rodrigo Lorenzoni. O motivo é a busca de verbas para hospitais de Caxias. Nesta segunda-feira (5), Bueno esteve no gabinete de Lorenzoni, na Assembleia Legislativa, pela obtenção de recursos para o Hospital Geral. O vereador preside a Frente Parlamentar em Defesa do Término das Obras de Ampliação da instituição.

Segundo o vereador, Lorenzoni destacou o interesse público em relação a essa demanda e se colocou à disposição para a busca de recursos em Brasília, por meio dos representantes políticos, com o Ministério da Saúde e a Casa Civil. O deputado é filho do chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Mas a visita de Rafael Bueno a Rodrigo Lorenzoni, que é presidente estadual do DEM, foi além da conversa sobre recursos para o Hospital Geral.

O vereador diz que recebeu convite para ingressar no DEM. A intenção, segundo o deputado teria relatado, é oxigenar o partido com novas lideranças políticas jovens.

Chama atenção a proximidade do vereador com parlamentares bolsonaristas, portanto, de posições políticas opostas ao que defende. Bueno já foi vereador pelo PCdoB.

"Portas abertas"

Rafael Bueno diz que "o bom é ter portas abertas pelo trabalho prestado à comunidade. O pior é ser barrado e ninguém querer. Meu trabalho me credencia a receber tais convites, mas, aceitar, o tempo dirá."

— O HG está clamando por ajuda e eu que tenho vontade de trabalhar não vejo ideologias, mas sim a prioridade que é a saúde. O deputado falou na mesma linha — justifica o pedetista.

O período para troca de partido sem risco de perder o mandato é na janela partidária (seis meses antes das eleições).

O vereador afirma que recebeu convite do deputado Nereu Crispim para ingressar no PSL. E também do PTB.

A visita a Lorenzoni foi intermediada pelo assessor parlamentar do deputado na região, Michel Sonda, que deixou o PSDB caxiense.

:: Aliás, a bancada do PDT na Câmara de Vereadores anda balançando. Nos bastidores, o comentário é de que Velocino Uez deverá ir para o PTB. Também é cogitado que Ricardo Daneluz deixe a sigla.

Leia mais  
Apoiadores de Bolsonaro na região avaliam mês de declarações polêmicas de presidente
Prefeito de Caxias e secretários viajam a Brasília
Pepe Vargas fala sobre as diretrizes do partido para a eleição municipal
Como foi o retorno de Sartori às atividades partidárias em Gramado


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros