Após polêmica de 2016, a volta de Ari Dallegrave ao comando do MDB de Caxias - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante25/08/2019 | 19h32Atualizada em 25/08/2019 | 19h32

Após polêmica de 2016, a volta de Ari Dallegrave ao comando do MDB de Caxias

Ele vai conduzir partido nas eleições de 2020 e diz que desentendimento ficou no passado

Após polêmica de 2016, a volta de Ari Dallegrave ao comando do MDB de Caxias Luiz Chaves/Divulgação
Emedebistas elegeram Executiva municipal no sábado, contando com a presença do ex-governador José Ivo Sartori Foto: Luiz Chaves / Divulgação

Defensor da candidatura própria do MDB em 2016 na disputa à prefeitura de Caxias do Sul, porém, sem sucesso, o que provocou seu afastamento da presidência da sigla, Ari Dallegrave está de volta ao comando. Fica no ar se os emedebistas entenderam que ele estava certo. 

— O Ari Dallegrave volta à presidência com apoio de todo o partido — fez questão de frisar o ex-presidente da sigla, vereador Paulo Périco.

Leia mais  
MDB elege Ari Dallegrave presidente do partido em Caxias 
"Hoje faço parte dos 12 milhões de desempregados do Brasil", afirma ex-deputado federal Mauro Pereira na convenção do MDB em Caxias 

Caberá a Dallegrave conduzir o partido do ex-governador José Ivo Sartori para tentar  reconquistar a prefeitura.

— Vamos trabalhar para isso — disse o novo presidente sobre candidatura própria do MDB.

O episódio de 2016, com a permanência do partido na condição de vice, o que o levou a se licenciar da presidência, garante, ficou no passado. 

Quanto aos nomes à disputa,  declarou:

— Há um apelo que se sente na ruas de que as pessoas querem o retorno do trabalho feito no Governo Sartori, foi uma administração comunitária. 

Questionado se esse apelo é em torno do nome de Sartori, Dallegrave afirmou:

— Falam no nome dele e no trabalho que foi feito. Não precisa exatamente que seja ele.

Acrescentou que "todos os que exercem cargo eletivo são candidatos em potencial e podem ser chamados para uma missão". Caso do deputado estadual Carlos Búrigo e dos vereadores. Mas é público que Búrigo é o cotado. 

Dallegrave ainda falou sobre o ex-deputado federal Mauro Pereira.

— É uma grande liderança, um nome de muito valor, não podemos excluí-lo.

Já Sartori, o principal líder da sigla, não fala com a imprensa.

Leia também  
Cenário pré-eleitoral aponta quatro frentes em Flores da Cunha

Cenário eleitoral de Farroupilha é de incertezas
Definição sobre projeto de redução de vereadores de Caxias deve sair na próxima semana
Postagem de Pepe Vargas relembra de quando era prefeito de Caxias do Sul
Secretário de Segurança de Caxias cancela capacitação de Guarda Municipal

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros