Vereadores governistas de Caxias tentam passar imagem de harmonia - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante26/06/2019 | 19h29Atualizada em 26/06/2019 | 19h29

Vereadores governistas de Caxias tentam passar imagem de harmonia

Elisandro Fiuza não apoiou Renato Nunes para a presidência da Comissão de Ética na Câmara

Vereadores governistas de Caxias tentam passar imagem de harmonia Facebook/Reprodução
Após desavenças, eles apareceram juntos em foto divulgada por Nunes nas redes sociais Foto: Facebook / Reprodução

Para tentar mostrar que estão afinados, os vereadores da base de apoio do Governo Daniel Guerra (PRB) posaram juntos no final da sessão da Câmara desta quarta-feira. O líder do governo Elisandro Fiuza (PRB) e Renato Nunes (PR) aparecem numa demonstração de proximidade em uma foto publicada nas redes sociais. 

A divulgação foi feita por Nunes, dizendo que é "para tirar qualquer dúvida ou interpretação errônea quanto aos trabalhos e posicionamentos destes dois vereadores".

Leia mais  
Desavenças entre vereadores da base do governo em Caxias do Sul se intensificam

Nunes complementa: "Não existe divisão alguma, a não ser a liberdade dos parlamentares com respeito aos seus posicionamentos".

Apoio negado

A postagem deve-se ao fato de o Pioneiro ter publicado na semana passada que eles estão em pé de guerra. O estopim foi a falta de apoio de Fiuza para Nunes ficar com a presidência da Comissão de Ética Parlamentar, na Câmara. Fiuza também recusou pleitear o cargo. 

O eleito foi Rodrigo Beltrão (PT), que já anunciou a retomada do processo do "corretivo" do vereador licenciado Chico Guerra (PRB), atualmente chefe de Gabinete no governo de seu irmão Daniel.  Os governistas não têm o comando de nenhuma comissão na Casa.

Nunes havia declarado ao Pioneiro:

— O parlamentar tem que ter a liberdade para votar como ele pensa. Eu confesso que às vezes acho meio estranho. O cara é líder de governo e se retira do plenário para não votar.

O "cara" é Fiuza e as votações são referentes a vetos do prefeito.

Nunes também disse: 

— Eu realmente gostaria de continuar como presidente da Comissão de Ética.

A ideia agora é procurar desfazer a imagem ruim passada aos eleitores. Quem muito explica...

Leia também  
Divergências políticas não impedem bate-papo de adversários
Prefeito de Caxias curte postagem que pede apoio à reeleição
Vereadores governistas definem adversário como "camaleão", em Caxias
Projeto aprovado na Câmara de Caxias possibilita desapropriação de imóveis desocupados e sem conservação

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros