Mauro Pereira aguarda aval de deputados para ser CC na Câmara  - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante06/06/2019 | 21h19Atualizada em 06/06/2019 | 21h19

Mauro Pereira aguarda aval de deputados para ser CC na Câmara 

O cargo é de assistente técnico no gabinete do líder da bancada do MDB, Baleia Rossi

Mauro Pereira aguarda aval de deputados para ser CC na Câmara  Felipe Nyland/Agencia RBS
Nomeação foi publicada em 9 de maio, mas Mauro diz que não tomou posse porque depende da aprovação de todos os deputados da bancada Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

O ex-deputado federal de Caxias do Sul, Mauro Pereira (MDB), vive uma situação inusitada. Embora em 9 de maio tenha sido publicada sua nomeação para exercer cargo em comissão (CC) no gabinete do líder do MDB na Câmara dos Deputados, ele ainda não tomou posse. Mauro não foi efetivado por disputa interna na bancada do partido. Mas garante que não é resistência ao seu nome.

— Deu problemas com outros deputados que queriam o cargo. É uma função que trabalha diretamente com o líder, bastante disputada. Não estou efetivado — revela.

A publicação dos atos de 8 de maio do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), está no Diário Oficial da União do dia 9. O cargo é de assistente técnico de gabinete. Conforme Mauro, o líder da bancada, deputado federal Baleia Rossi (SP), espera a aprovação de todos os deputados para que ele tome posse. 

— O cargo é para ficar junto com o líder e dar toda a cobertura para os deputados, acompanhar no plenário, reuniões, audiências. Cada deputado quer uma pessoa de sua confiança. Tem que ter parecer de que todos estão de acordo — diz.

Próximo de completar um mês da publicação, a nomeação pode caducar. Neste caso, se houver a concordância para que ele assuma, a indicação terá que ser feita novamente.

— Se passar um mês e não tomar posse, tem que ter nova indicação.

Ele acredita que dentro de 10 dias deva ocorrer uma definição.

— Vamos deixar acontecer ao natural — define.

Expediente sem cargo

Mauro tem dado expediente em Brasília, mesmo sem cargo. Ele está na Capital Federal desde segunda-feira. Nesta quinta-feira, esteve no Ministério da Infraestrutura. 

— Se for para ficar parado, sem produzir em Caxias, fico aqui (Brasília) acompanhando, aprendendo e ajudando as pessoas — alega. 

 Leia também
Decreto cria regras para investigar e punir empresas que desviarem recursos públicos em Caxias
Chefe de Gabinete da prefeitura de Caxias terá de explicar viagens
Presidente Bolsonaro divulga foto de visita a Neymar  

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros