A hora das explicações - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante17/06/2019 | 20h17Atualizada em 17/06/2019 | 20h17

A hora das explicações

Vereadores cobram interesse público nas viagens do chefe de Gabinete do Governo Daniel Guerra

A hora das explicações Lucas Amorelli/Agencia RBS
Chico Guerra ficou de 24 de março a 10 de abril na Itália Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

O chefe de Gabinete do Governo Daniel Guerra (PRB), seu irmão e vereador licenciado Chico Guerra (PRB), vai à sessão ordinária da Câmara de Vereadores, nesta terça-feira, prestar esclarecimentos sobre as viagens. Ele atenderá a uma convocação feita por meio de requerimento assinado por Rodrigo Beltrão (PT), Alceu Thomé (PTB), Denise Pessôa (PT) e Renato Oliveira (PCdoB) e aprovado no último dia 6 de junho. 

A intenção dos vereadores é que Chico esclareça os resultados obtidos pelo município especialmente na viagem à Itália, em que o chefe de Gabinete esteve de 24 a 10 de abril deste ano. 

Leia mais  
Viagem à Itália para assinatura de pacto de amizade entre Caxias do Sul e Corbola custou R$ 26 mil

A ida do chefe de Gabinete à Itália custou R$ 18.425,10. Chico viajou para participar da assinatura do pacto de amizade entre Caxias do Sul e o município italiano de Corbola. Também participou da viagem a subprefeita de Galópolis, Ivete Marchi, que esteve na Itália de 24 de março a 5 de abril. De 5 a 10 de abril, a informação da prefeitura é de que Chico esteve em Roma, no Ministério de Relações Exteriores e Cooperação Internacional e na Embaixada Brasileira.

Caso as explicações de Chico não contemplem os questionamentos dos vereadores em relação ao interesse público quanto à sua participação nas viagens, é possível buscar a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) ou representação junto ao Ministério Público para investigação. Tais desdobramentos podem ser efetivados individualmente ou coletivamente. 

A eventual abertura de uma CPI é mais complexa, enquanto que a representação junto ao MP pode ser provocada por qualquer vereador. 

Também são pedidos detalhes de outros três compromissos: Fortaleza, de 28 de maio a 2 de junho, no VI Congresso Brasileiro de Direito à Saúde; Brasília, de 10 de junho a 12 de junho, no 27º Expotchê; São Paulo, de 24 de junho a 27 de junho, na 14ª ISC Brasil — Feira e Conferência Internacional de Segurança.

Terceiro a se explicar

Foi Rodrigo Beltrão quem teve a iniciativa de propor a convocação. Chico Guerra é o terceiro integrante da equipe da administração municipal convocado a prestar esclarecimentos desde que foi aprovado, em fevereiro deste ano, o projeto de emenda à Lei Orgânica de autoria de Beltrão. A lei definiu que as explicações devem ser dadas durante sessão ordinária.

Até então, o convocado podia fixar o horário que melhor atendesse à sua conveniência. Antes do irmão do prefeito, estiveram na Casa o secretário do Planejamento, Fernando Mondadori, e a presidente da FAS, Rosana Santini Menegotto. A sessão da Câmara começa às 8h30min.

Leia também  
Jair Bolsonaro recebe visita de Ronaldinho Gaúcho
Fabiano Feltrin pode concorrer a prefeito de Farroupilha no ano que vem
Combate ao machismo nas escolas municipais entra em debate na Câmara de Caxias 
VÍDEO: Inauguração da UBS do Cristo Redentor, em Caxias, é tumultuada

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros