Governo Daniel Guerra diz que "se posiciona quando precisar" sobre unificação de secretarias - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante02/05/2019 | 06h40Atualizada em 02/05/2019 | 06h40

Governo Daniel Guerra diz que "se posiciona quando precisar" sobre unificação de secretarias

Prefeitura evita falar sobre especulações de possível transformação da Smel em departamento da Secretaria de Educação

Governo Daniel Guerra diz que "se posiciona quando precisar" sobre unificação de secretarias Petter Campagna Kunrath/Divulgação
Paulo Gedoz e Daniel Guerra na posse em 2017. Secretário deixou o cargo na segunda-feira, aumentando especulações do fim da Smel Foto: Petter Campagna Kunrath / Divulgação

A saída do secretário municipal de Esporte e Lazer (Smel), Paulo Gedoz de Carvalho, tem sido assunto de muita especulação. A possível transformação da secretaria em um departamento da Secretaria Municipal de Educação é comentário que corre solto nos meios políticos. 

Leia mais  
Intervalo: Mudança no comando da Smel deixa claro o descaso da prefeitura com o esporte

O Pioneiro fez contato com a assessoria de imprensa da prefeitura em busca de um posicionamento diante da possível unificação das secretarias de Educação e do Esporte e Lazer. O município foi cortante. Disse que "quando a prefeitura precisar se posicionar sobre algo, o fará de forma oficial". 

Eis o que respondeu o governo Daniel Guerra (PRB), via assessoria de imprensa, sobre os comentários de unificação das secretarias:

"Todo e qualquer assunto relativo à prefeitura é tratado de forma oficial, por meio da assessoria de imprensa. Quando a prefeitura precisar se posicionar sobre algo, o fará de forma oficial, por esse meio. Até o presente momento, não há posição sobre este assunto."

Ou seja, a prefeitura encerra a conversa com a imprensa sobre a polêmica e assim não esclarece a situação à sociedade.

Nos bastidores, a informação é de que haverá reunião amanhã envolvendo, além da Smel e da Educação, a Secretaria Municipal da Cultura. É cogitada a possibilidade é de "algo maior".

Manifestações na Câmara

Na sessão de terça-feira na Câmara de Vereadores, Felipe Gremelmaier (MDB), abordou essa hipótese, lamentando o que pode acontecer.

— Espero, sinceramente, que este movimento da mais velha política que está acontecendo em Caxias do Sul mais uma vez não se reflita em algo que vem crescendo nos últimos dias, que é a extinção da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer. Eu espero que não se reflita nisso, algo muito sério, o retorno da Smel a um departamento da Secretaria Municipal de Educação. Eu espero que não tenham trocado um secretário novamente para ir lá e fechar a secretaria.

O vereador Alberto Meneguzzi (PSB) lembrou que desde 2017 eles têm falado sobre isso, alertando os esportistas.

— Da maneira com que este governo tem tratado o esporte, principalmente o Fiesporte, não é de se surpreender se realmente a Secretaria de Esporte e Lazer for extinta — emendou Meneguzzi.

Projeções

Antes de assumir como prefeito, em entrevista ao Pioneiro, Daniel Guerra afirmou:

— Vamos fazer fusão. Por exemplo, a Secretaria de Governo, a Secretaria da Receita Municipal e de Gestão e Finanças não têm sentido, vai ser uma só. De imediato, duas vão desaparecer do quadro. Mas não te surpreenda se, em determinado momento, entendermos que seja preciso enxugar mais.

A Secretaria de Gestão e Finanças se fundiu com a de Receita Municipal (oficialmente, as duas secretarias seguem existindo), mas a prefeitura trata como Secretaria da Fazenda e tem como titular Magda Wormann. A de Governo permanece igual e tem como secretária Patrícia Haubert. 

Leia também
Sandro Fantinel é reconduzido à presidência do PSL de Caxias do Sul
Deputado Neri, O Carteiro e presidente da Gramadotur, Edson Néspolo, encontram-se em Gramado
Mauro Pereira participa de evento no palanque com presidente Jair Bolsonaro

 


 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros