Plantão noturno da Farmácia do Ipam, em Caxias, está mantido - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 
 

Mirante25/04/2019 | 07h00Atualizada em 25/04/2019 | 14h48

Plantão noturno da Farmácia do Ipam, em Caxias, está mantido

Lei municipal estabelece atendimento 24 horas todos os dias da semana

Plantão noturno da Farmácia do Ipam, em Caxias, está mantido Lucas Amorelli/Agencia RBS
Presidente do Ipam, André Wiethaus, reconheceu que não é permitido o fechamento no turno da noite Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

O plantão noturno na Farmácia do Instituto de Previdência e Assistência Municipal (Ipam) está mantido. A decisão se deve à determinação que consta na Lei Municipal 3750/91 e foi tomada na reunião de ontem do Conselho Gestor do instituto. O presidente do Ipam, André Francisco Wiethaus, reconheceu que não é permitido o fechamento do serviço no turno da noite.

Leia mais  
Farmácia do Ipam, em Caxias, com plantão noturno ameaçado

— Como existe a lei municipal determinando o atendimento em todos os dias da semana, 24 horas, a Farmácia vai continuar fazendo o horário noturno — disse Wiethaus.

Na segunda-feira, os vereadores Renato Oliveira (PCdoB), presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara, Tatiane Frizzo (SD), Paula Ioris (PSDB) e Alberto Meneguzzi (PSB) estiveram com a diretora-executiva da Farmácia, Claudete Kremer Sott. Os vereadores ouviram que o plantão (0h às 6h) dá prejuízo de R$ 300 mil por ano.  Oliveira havia alertado para a  lei municipal.

— O prejuízo existe — reafirmou Wiethaus ao Mirante.

Por sua vez, a presidente do Sindiserv, Silvana Piroli, ressalta que "é a Farmácia do Ipam que garante as necessidades de medicamentos dos servidores nas enfermidades". E que uma das reivindicações da Campanha Salarial 2019 é a garantia de manutenção da Farmácia.

Leia também  
Samae envia 10 caixas de papéis com resposta a vereador
Prefeito de Gramado cumpre decisão e exonera 12 CCs
Prefeitura irá rever decreto que regra eventos temporários em Caxias do Sul
Empresários ganham prazo de 90 dias para permanecer nos espaços públicos em Caxias


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros