Vereador de Caxias diz que informará sobre serviço comunitário pelas redes sociais - Colunas da seção Mirante - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 

Perturbação do sossego07/01/2019 | 19h02Atualizada em 07/01/2019 | 19h15

Vereador de Caxias diz que informará sobre serviço comunitário pelas redes sociais

Rafael Bueno (PDT) deve cumprir medida para não ser processado

Vereador de Caxias diz que informará sobre serviço comunitário pelas redes sociais Gabriela Bento Alves/Divulgação
Vereador Rafael Bueno (PDT) Foto: Gabriela Bento Alves / Divulgação

O vereador Rafael Bueno (PDT) informou, via assessoria de imprensa, que nesta terça-feira irá se posicionar em suas redes sociais sobre a prestação de serviço comunitário, conforme transação penal para que não responda a processo criminal. A medida resulta de denúncia da ex-secretária municipal de Esporte e Lazer (Smel), Márcia Rohr da Cruz.  A decisão é de 26 de novembro. Está previsto o cumprimento de 30 horas em dois meses. 

Leia mais  
Mirante: vereador terá que prestar serviço comunitário
Vereador diz que fará serviço comunitário no recesso

Márcia acusou Bueno de perturbação do sossego, devido a ligações e mensagens deixadas em seu celular funcional quando era titular da Smel, tendo como ápice o episódio em que ela se referiu ao Fiesporte como "imundícia".

Bueno havia informado inicialmente que faria a limpeza do parquinho da Amob do Cristo Redentor, bairro onde reside. Depois, afirmou que a União das Associações de Bairros (UAB) iria orientá-lo para que cumprisse o serviço em outros locais, a exemplo de escolas e eventos de cultura, além do Cristo Redentor. 

Nos primeiros dias de dezembro, Rafael Bueno disse que realizaria o trabalho no recesso parlamentar, iniciado dia 15 (a última sessão ordinária foi em 13 de dezembro). Após, não foram mais fornecidas informações.

A utilização das redes sociais para "fazer comunicados" é prática explorada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Foi assim durante a campanha eleitoral e segue no governo.

Leia também  
"Guerra defende reeleger projeto", afirma secretário da Saúde
O que José Ivo Sartori deixa para a Serra
Vinicius Ribeiro pede licença do PDT caxiense
Crítica aos debates sobre impeachment do prefeito Daniel Guerra provoca reação 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros