Tá na Web: Daciolo "engole" arco-íris e campanha "digite 432% no Google" bomba nas redes - Notícias de Eleições - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 

Eleições 201802/10/2018 | 20h21Atualizada em 02/10/2018 | 20h27

Tá na Web: Daciolo "engole" arco-íris e campanha "digite 432% no Google" bomba nas redes

Veja o que foi destaque nesta terça-feira

Tá na Web: Daciolo "engole" arco-íris e campanha "digite 432% no Google" bomba nas redes Arte Pioneiro/
Foto: Arte Pioneiro
Pioneiro
Pioneiro

Sem governador e presidente

Na página do Podemos de Caxias do Sul no Facebook, na segunda-fiera, uma colinha eleitoral dava a dica dos candidatos do partido para o dia 7. No entanto, apenas para Câmara dos Deputados, Assembleia e Senado (primeira vaga). Para presidente e governador, o espaço estava em branco. O candidato do Podemos à Presidência é Álvaro Dias. Para o governo do Estado, o partido apoia Jairo Jorge (PDT). 

Glória a Deus

O candidato à Presidência da República Cabo Daciolo (Patriota) postou nesta terça-feira foto e vídeo em suas redes sociais de um arco-íris duplo e, claro, viralizou. Ele "engole" o arco-íris. 

Candidato a presidente da República Cabo Daciolo (Patriota).
Foto: Instagram / Reprodução

Apesar do momento de "emoção", o presidenciável não teve uma boa notícia nesta terça. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu que o Supremo Tribunal Federal (STF) reveja a decisão que extinguiu ação penal em que Daciolo é acusado de formação de quadrilha.

Raquel considerou que existem omissões a serem corrigidas e que é necessário restabelecer o processo para que seja apurada a suposta conduta criminosa do parlamentar durante a greve da Polícia Militar e dos Bombeiros do Estado da Bahia em 2012, quando ele ainda não era deputado. 

"Digite 432%"

Está bombando nas redes a campanha "digite 432% no Google". A busca mostra como resultado o aumento do patrimônio de Eduardo Bolsonaro (PSL), deputado federal por São Paulo e candidato à reeleição. 

Filho do candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL), ele declarou em sua lista de bens em 2014, quando foi eleito, R$ 205 mil (equivalente hoje a R$ 262 mil, corrigido pelo IPCA). Na declaração deste ano, o patrimônio subiu para R$ 1.395.109,14, um aumento de 432%.

Leia também
Santuário de Caravaggio, em Farroupilha, emite nota sobre manifestações político-partidárias
Saiba como conferir seu local de votação pela internet
Três questões para Luiza Weber, candidata ao Senado pelo Solidariedade

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros