Oito temas para Fernando Haddad, candidato a presidente da República pelo PT - Notícias de Eleições - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 

Eleições 201802/10/2018 | 10h00Atualizada em 02/10/2018 | 10h00

Oito temas para Fernando Haddad, candidato a presidente da República pelo PT

Veja o que o candidato falou sobre temas como saúde, Bolsa Família e o Combate às drogas

Oito temas para Fernando Haddad, candidato a presidente da República pelo PT Mauro Pimentel/AFP PHOTO
Foto: Mauro Pimentel / AFP PHOTO

O Pioneiro publica esta semana, em ordem alfabética, entrevistas com os candidatos à Presidência. Dos 13 postulantes, seis respostas foram formalizadas e enviadas, conforme a solicitação do jornal, e estas estão sendo publicadas até sexta-feira. Oito temas foram apresentados aos candidatos. O segundo a responder é Fernando Haddad, do PT, que deixou de responder ao oitavo tópico, sobre o Rio Grande do Sul.

Leia mais:
Oito temas para Alvaro Dias, candidato a presidente da República pelo Podemos 

1. Refugiados venezuelanos
"O Brasil tem o compromisso internacional de receber e proteger pessoas que solicitam refúgio, por adesão à Convenção de Genebra. O Governo Haddad vai aprofundar a parceria com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados e, nesse caso, por ser uma questão sul-americana, vai levar a discussão para a Unasul (União das Nações Sul-Americanas). Ninguém abandona seu país e seus laços porque quer. Os refugiados buscam outros países para viver enquanto duram as crises políticas, econômicas e sociais de seus respectivos países. O futuro Governo Haddad promoverá o direito dos migrantes por meio de uma Política Nacional de Migrações e reconhecerá, de forma ampla, os direitos de refugiados e demais imigrantes."

2. Habitação popular
"A retomada e aperfeiçoamento do Programa Minha Casa, Minha Vida será uma prioridade do Governo Fernando Haddad. É um programa de resultados expressivos que estimula a economia, gera empregos e melhora as condições habitacionais de milhões de pessoas. A meta de 2 milhões de moradias do PMCMV (Programa Minha Casa, Minha Vida) até 2022 tem como prioridade o atendimento das famílias da Faixa 1 (renda familiar de até R$ 1.800) e será implementado articulado a políticas regionais e de desenvolvimento local de expansão urbana."

3. Criança e adolescente
"No Governo Haddad, promoveremos a efetivação do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), combateremos o trabalho infantil, retomaremos e ampliaremos as políticas de proteção às crianças no contexto de suas famílias e comunidades, prevenindo o abandono e a violência. Serão aperfeiçoadas as redes de atendimento e proteção, qualificando e equipando os Conselhos Tutelares e integrando toda a rede de garantia de direitos desde o nascimento."

4. Espera no SUS
"Para aumentar a efetividade, vamos informatizar a marcação de consultas, por meio da confirmação do agendamento e filas eletrônicas, com sistema de checagem e a realização de exames prévios. Além disso, ampliaremos a oferta de médicos, inclusive especialistas. Para isso, será retomado o programa Mais Médicos e ampliadas as vagas nos cursos de Medicina. Outra medida é atenção especializada, por meio da criação das Clínicas de Especialidades Médicas."

5. Bolsa-Família
"O governo de Fernando Haddad  vai reforçar os investimentos no programa Bolsa Família, incluindo aqueles que voltaram à pobreza com a crise. O governo vai promover a universalização da segurança de renda e ampliação de cobertura quanto a fatores de insegurança e desproteção social, especialmente inclusão produtiva. Vamos ampliar o uso do Cadastro Único como fonte de diagnóstico para a implementação de políticas sociais, conforme as demandas específicas de cada segmento, tendo como norte o combate às desigualdades sociais, de gênero, étnico-racial e territorial."

6. Geração de empregos
"A proposta do Governo Fernando Haddad é o Programa Meu Emprego de Novo, que tem como objetivo elevar a renda, ampliar o crédito e gerar novas oportunidades de trabalho. Entre as ações estão: retomada imediata das grandes obras inacabadas em todo o país, selecionadas por importância estratégica regional; retomada dos investimentos da Petrobras; retomada do Programa Minha Casa, Minha Vida; reforço nos investimentos no programa Bolsa Família; criação de linhas de crédito com juros e prazo acessíveis; e implantação do programa nacional de apoio às atividades da economia social e solidária."

7. Combate às drogas
"O Governo Haddad vai alterar a atual política de drogas, que tem se mostrado totalmente ineficaz. Além de promover políticas efetivas de prevenção à violência, evitando o recrutamento de jovens vulneráveis pelo tráfico, o governo federal vai fazer sua parte, liderando o necessário enfrentamento ao crime organizado ligado ao tráfico de drogas, combatendo o poder local armado despótico exercido sobre territórios e comunidades vulneráveis. Entendemos necessário investir também na qualificação e, sobretudo, na valorização dos profissionais da segurança pública."

8. Rio Grande do Sul
O candidato não respondeu a este tópico.


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros