O que pensa José Ivo Sartori sobre a infraestrutura e logística na Serra - Notícias de Eleições - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 

Eleições 201805/10/2018 | 08h24Atualizada em 05/10/2018 | 08h37

O que pensa José Ivo Sartori sobre a infraestrutura e logística na Serra

Candidato do MDB ao Piratini responde a 7 demandas do Pioneiro

O que pensa José Ivo Sartori sobre a infraestrutura e logística na Serra Tadeu Vilani/Agência RBS
Foto: Tadeu Vilani / Agência RBS

No dia 27 de setembro, o Pioneiro publicou a quinta reportagem da série A Serra Precisa, com as principais demandas regionais para os candidatos a governador. O quinto tema foi infraestrutura e logística.

A partir do contato da reportagem com a realidade regional e o depoimento de fontes protagonistas e especializadas na área, foram listadas 7 demandas da região. Elas foram submetidas aos candidatos a governador, que enviaram ao Pioneiro a visão que têm sobre cada um dos itens e o que pode ser feito, caso eleito.

O Pioneiro enviou aos candidatos ao Governo do Estado as demandas para a infraestrutura e logística listadas em 7 tópicos pela quinta reportagem da série A Serra Precisa. Seis dos candidatos responderam _ exceto Julio Flores (PSTU).

As outras quatro reportagens da série A Serra Precisa abordam os temas Educação, Saúde, Segurança e Desenvolvimento.

Confira o que pensa o candidato José Ivo Sartori (MDB):

1. Duplicação dos principais gargalos rodoviários (ERS-122, RSC-453 e BR-470)
"Na Serra, recuperamos 195,66 quilômetros nos principais trechos através do Crema (Contrato de Restauração e Manutenção de Rodovias). Em relação à ERS-122, ela tem um Volume Diário Médio (VDM) dentro da capacidade e não apresenta necessidade urgente de duplicação. As demais têm duplicação prevista, mas dependem de parcerias ou aprovação do Regime de Recuperação Fiscal para que haja recursos."

2. Manutenção e conservação de rodovias
"Estamos mantendo a malha rodoviária da Serra, especialmente na ERS-122 e RSC-453. E executamos obras no acesso a São Valentim do Sul (ERS-431); ERS-444 (Vale dos Vinhedos); RSC-453, onde recapeamos o trecho do entroncamento com a BR-116 até o viaduto de acesso à Rota do Sol, e o acesso a Caravaggio até o entroncamento com a BRS-470."

3. Modelagem proposta para o setor rodoviário
"O aumento da capacidade de rodovias da Serra consta entre as 104 intervenções propostas pelo Plano Estadual de Logística de Transportes (Pelt-RS). O documento, que estabelece um horizonte de planejamento para a infraestrutura do Estado até 2039, sugere a duplicação de trechos nas seguintes rodovias: ERS-122, RSC-470, BR-116."

4. Modal ferroviário para a região
"Nossa proposta é que a ferrovia Norte-Sul/Sul-Norte tenha início no Porto do Rio Grande, percorrendo toda a região produtiva até o centro do país. Entre as obras propostas especificamente para a Serra estão a construção do ramal ferroviário Colinas-Caxias do Sul (R$ 440 milhões); e a construção do terminal ferroviário de Vacaria (R$ 7 milhões)."

5. Recursos para desapropriações para implantação do Aeroporto de Vila Oliva
"A outorga (autorização para administração) para a construção do aeroporto é da prefeitura de Caxias do Sul, e o Estado mantém o compromisso de repassar até R$ 15 milhões para a auxiliar o município na desapropriação da área."

6. Melhorias no Aeroporto Hugo Cantergiani
"Investimos mais de R$ 2,3 milhões desde janeiro de 2015. Equipamos o aeroporto com um aparelho de Raio X, caminhão contra incêndio e equipamentos de trabalho e resgate para os bombeiros, e fizemos reformas no terminal de passageiros. Revitalizamos a pintura/sinalização do pátio de aeronaves e está em execução a reforma da Seção Contra Incêndio."

7. Implantação da Rodovia da Serra (entre a Rodovia do Parque e a RS-240, em Portão)
"Trata-se de uma obra federal, mas que contará certamente com o apoio do Governo do Estado para a sua implementação."



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros