Mirante: movimento sindical do PDT rejeita apoio de ex-prefeito de Caxias a Jair Bolsonaro - Notícias de Eleições - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 

Eleições 201820/10/2018 | 10h00Atualizada em 20/10/2018 | 10h00

Mirante: movimento sindical do PDT rejeita apoio de ex-prefeito de Caxias a Jair Bolsonaro

Juventude do partido já havia se posicionado durante a semana criticando manifestação de Alceu Barbosa Velho

Mirante: movimento sindical do PDT rejeita apoio de ex-prefeito de Caxias a Jair Bolsonaro Arquivo Pessoal/Divulgação
José de Jesus Freitas Abreu é o presidente do Movimento Sindical do PDT de Caxias do Sul Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Mais um setor do PDT de Caxias se manifestou contra o posicionamento do ex-prefeito, presidente municipal do partido e ex-candidato a deputado federal Alceu Barbosa Velho de apoio a Jair Bolsonaro (PSL). O Movimento Sindical rejeitou também a manifestação favorável ao candidato à reeleição ao governo do Estado José Ivo Sartori (MDB). 

Na quarta-feira, a Juventude Socialista PDT havia se posicionado, pedindo a expulsão de todo filiado e dirigente do PDT que faça campanha a Bolsonaro.

"Ambos os candidatos que o senhor Alceu Barbosa Velho declara apoiar em segundo turno do pleito de 2018 contrariam o programa partidário, sendo que o candidato à presidência namora com o arbítrio e representa todas as forças que expulsaram nossos líderes e formadores, obrigando-os a experimentar longo exílio ou dele não voltar", diz a nota.

O texto é assinado por José de Jesus Freitas Abreu, presidente do Movimento Sindical de Caxias do Sul PDT. 

O Movimento Sindical afirma ainda que "a posição adotada pelo ex-candidato Alceu contraria totalmente as deliberações do partido, democraticamente tomadas na esfera nacional. A decisão é de apoio crítico à candidatura de (Fernando) Haddad, e totalmente contrária à candidatura de Jair Bolsonaro. E, em esfera estadual, a decisão é pela neutralidade absoluta de qualquer dos dois candidatos, Sartori ou Eduardo Leite, sendo vedada qualquer declaração de apoio".

É exigida a aplicação das sanções estatutárias a todo aquele de descumprir as deliberações dos diretórios nacional e estadual.

Na quinta-feira, o ex-candidato ao governo pelo PDT, Jairo Jorge, também manifestou apoio a Sartori. O Movimento Sindical do PDT-RS divulgou nota, pedindo que sejam aplicadas as regras estatutárias a Jairo Jorge.

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros