Mirante: Haddad aguarda por manifestação de Ciro Gomes - Notícias de Eleições - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 

Eleições 201824/10/2018 | 07h47Atualizada em 25/10/2018 | 15h26

Mirante: Haddad aguarda por manifestação de Ciro Gomes

Candidato do PT disse que espera ansiosamente um aceno do pedetista

Mirante: Haddad aguarda por manifestação de Ciro Gomes Daniel RAMALHO/AFP
Em entrevista, Haddad disse que foi cogitada chapa Lula/Ciro à Presidência no primeiro turno Foto: Daniel RAMALHO / AFP

O candidato à Presidência Fernando Haddad (PT) segue aguardando uma manifestação de apoio de Ciro Gomes (PDT). O pedetista, após o resultado do primeiro turno, viajou para a Europa. Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite de segunda-feira, o petista disse que é muito próximo de Ciro.

— Eu esperava e espero que o Ciro dê um alô de onde ele estiver, porque é muito importante para o Brasil que ele se manifeste publicamente. Aguardo ansiosamente o seu aceno, porque nós precisamos ganhar a eleição e governar juntos o Brasil — declarou, ressaltando que Jair Bolsonaro (PSL) "é uma ameaça ao interesse nacional e popular".

O candidato afirmou que era um dos petistas que cogitava uma chapa de Lula e Ciro à Presidência — que poderia ser encabeçada pelo pedetista em caso de impugnação de Lula. E rejeitou ter fracassado a formação de uma frente democrática. Falou do apoio manifestado por Marina Silva (Rede) e do senador eleito Cid Gomes (PDT) a seu favor, após o episódio em que o irmão de Ciro chamou os petistas de babacas.

— Inclusive o Fernando Henrique (ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, PSDB), que não pode declarar voto a mim em função de questões relativas ao seu próprio partido, tem manifestado um certo inconformismo com uma pessoa da qualidade do Bolsonaro estar liderando as pesquisas.

Nesta terça-feira, Haddad se viu numa situação constrangedora. Reproduziu informação falsa, chamando o general Hamilton Mourão (PRTB), vice de Bolsonaro, de "torturador".  Ele se referiu a uma afirmação feita pelo músico Geraldo Azevedo no fim de semana. Mourão negou e fala em processo. O artista pediu desculpas.

Leia também
Pepe Vargas deixa Câmara Federal e assume cadeira na Assembleia Legislativa a partir de janeiro
Quanto custou cada voto dos candidatos a deputado estadual e federal da região

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros