Três questões para Ana Varela, candidata ao Senado pelo Podemos - Notícias de Eleições - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 

Eleições 201826/09/2018 | 09h30Atualizada em 26/09/2018 | 09h30

Três questões para Ana Varela, candidata ao Senado pelo Podemos

Pioneiro começa a publicar entrevistas com os oito concorrentes melhores colocados na última pesquisa Ibope

Três questões para Ana Varela, candidata ao Senado pelo Podemos Félix Zucco/Agencia RBS
Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

O Pioneiro está publicando entrevistas com os oito concorrentes ao Senado melhores colocados na última pesquisa Ibope, divulgada em 21 de setembro. Será por ordem alfabética. Os gaúchos irão definir em 7 de outubro quem ocupará duas das três vagas que o Rio Grande do Sul tem no Senado. Para isso, irão votar duas vezes para este cargo.

Leia mais:
Três questões para Abigail Pereira, candidata ao Senado pelo PCdoB

A segunda entrevistada é Ana Varela, 38 anos, do Podemos. Ana teve sua candidatura ao Senado confirmado pelo partido em convenção estadual realizada em 5 de agosto, em Gramado. Natural de Tucuruí (PA), mora no Rio Grande do Sul há oito anos com seus dois filhos. Nunca exerceu ou se candidatou a um cargo público. Atua como corretora de imóveis. É casada com o deputado federal Cajar Nardes, do mesmo partido. 

1. Qual o principal problema que o RS enfrenta, na sua opinião?
A crise financeira. Esse é, sem dúvida, o principal problema. Porém, existem caminhos que não somente o da redução de custos. A contenção é necessária, mas aliada a um plano de captação de recursos e investimentos. É inadmissível que, em quatro, anos ainda estejamos parcelando os salários e dependendo somente do governo federal.

2. Qual a principal bandeira que a senhora pretende levar para o Senado?
O combate à corrupção, sem dúvida. Combater a corrupção significa valorizar a sociedade, é garantir que o sistema (os governos) entregue os serviços ao cidadão. Ao combater isso, juntamente com o fim de muitos privilégios concedidos a agentes públicos e parlamentares, iremos devolver à sociedade o exemplo de respeito que devemos ter uns com os outros, a confiança e a dignidade da pessoa humana.

3. Qual sua posição sobre o regime de recuperação fiscal?
O regime de recuperação fiscal não recupera nada. Convenhamos, é um adiamento enquanto a dívida aumenta. “Ah, porque o Estado vai respirar!” Me desculpe, vai respirar e depois sufocar em triplo. Um regime de recuperação fiscal não visaria tanto a perdas de bens da nossa sociedade. Perguntaria às pessoas se elas acham que vender algo que lhes pertence ou adiar pagamento de dívida alguma vez gerou riqueza. E aí? Eu lutaria por um novo plano para o nosso Estado.

Perfil
Nome na urna:
Ana Varela
Número: 190
Partido: Podemos
Coligação:  Frente O Rio Grande Tem Solução (PDT/AVANTE/PV/PODEMOS/PPL/PMB/SOLIDARIEDADE)
Naturalidade:  Tucurui (PA)
Escolaridade: Ensino Médio Completo
Profissão: Corretora de imóveis

Leia também:
11 temas para Eduardo Leite, candidato ao governo do RS




 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros