O que pensa Mateus Bandeira sobre a saúde na Serra - Notícias de Eleições - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 

Eleições 201814/09/2018 | 08h00Atualizada em 14/09/2018 | 08h30

O que pensa Mateus Bandeira sobre a saúde na Serra

Candidato do Novo ao Piratini responde a 7 demandas do Pioneiro

O que pensa Mateus Bandeira sobre a saúde na Serra Lauro Alves/Agencia RBS
Foto: Lauro Alves / Agencia RBS
Pioneiro

No dia 04 de setembro, o Pioneiro publicou a segunda reportagem da série A Serra Precisa, com as principais demandas regionais para os candidatos a governador. O segundo tema foi saúde.  

Leia mais
Novo registra candidatura de Mateus Bandeira ao Palácio Piratini
Mirante: candidato ao governo do Estado ficará 24 horas na internet para detalhar plano de governo  
O que pensa Mateus Bandeira sobre a educação da Serra

A partir do contato da reportagem com a realidade regional e o depoimento de fontes protagonistas e especializadas na área, foram listadas 7 demandas da região. Elas foram submetidas aos candidatos a governador, que enviaram ao Pioneiro a visão que têm sobre cada um dos itens e o que pode ser feito, caso eleito.

Confira o que pensa o candidato Matheus Bandeira (Novo).

As outras quatro reportagens da série A Serra Precisa abordam os temas Educação, Segurança, Desenvolvimento e Infraestrutura.

1. Implantar redes de especialidades para média e alta complexidade  
Mateus Bandeira:
Vamos concentrar atendimentos de média e alta complexidade em locais específicos, ganhando em escala e experiência, reduzindo intercorrências e custos. Queremos tornar mais eficiente a aplicação dos recursos públicos no sistema de saúde e ampliar as parcerias público-privadas, com foco total na qualidade da assistência ao cidadão.

2. Descentralizar os atendimentos hospitalares de alta e média complexidade  
Mateus Bandeira:
Vamos qualificar os centros especializados de acordo com a densidade populacional das diferentes regiões. Atualmente, o planejamento é muito limitado. Há centros especializados em áreas onde não há demanda e vice-versa. Centros especializados com grande volume de atendimento tendem a ter desfechos melhores e menores custos por atendimento.

3. Ampliar a oferta de leitos de UTI
Mateus Bandeira: Antes disso, é preciso revisar a rede hospitalar com inteligência e gestão, para alinhar a demanda com a oferta de serviço. Muitas vezes, um hospital com menos de 30 leitos não se sustenta, enquanto faria falta em outra região. Hospital precisa de escala. Então, temos que concentrar os serviços em unidades regionais.

4. Construir e equipar o Hospital Público de Bento Gonçalves
Mateus Bandeira: A atual situação financeira não permite um compromisso antecipado com instituições específicas. É preciso, inicialmente, fazer um diagnóstico da situação da rede hospitalar do RS para definir as necessidades de melhoria na gestão, de aporte de recursos e na definição do perfil assistencial de cada instituição.

5. Concluir a ampliação do Hospital Geral com ala de maternidade
Mateus Bandeira: O RS enfrenta uma grave crise financeira. Como faltam recursos para honrar todos os compromissos, é impossível afirmar qualquer investimento no curto prazo. O que é possível garantir é que faremos uma profunda reforma de gestão na saúde para dar eficiência na aplicação dos poucos recursos disponíveis.

6- Qualificar a atenção básica e ampliar a oferta de especialistas
Mateus Bandeira: Vamos organizar o atendimento através da telessaúde e telemedicina, para assegurar que os pacientes sejam atendidos com agilidade e encaminhados quando necessário. Hoje, grande parte das UBSs ainda prioriza o encaminhamento, tornando o processo mais lento e custoso. Também vamos capacitar as estruturas dos municípios para a realização de exames simples.

7- Retomar o cofinanciamento do Estado para hospitais filantrópicos
Mateus Bandeira: Vamos buscar o ajuste fiscal e criar um programa de apoio à gestão e recuperação financeira para retirar os hospitais de pequeno porte da crise e fortalecer o atendimento no interior de forma organizada, com centros regionais de referência.

Leia também:    
Tá no Ar: Alckmin morde e assopra  Luis Carlos Heinze,
candidato ao Senado do PP, anuncia apoio a Bolsonaro

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros