O que pensa José Ivo Sartori sobre o desenvolvimento na Serra - Notícias de Eleições - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 

Eleições 201829/09/2018 | 07h00Atualizada em 29/09/2018 | 07h00

O que pensa José Ivo Sartori sobre o desenvolvimento na Serra

Candidato do MDB ao Piratini responde a 8 demandas do Pioneiro

O que pensa José Ivo Sartori sobre o desenvolvimento na Serra Roni Rigon/Agencia RBS
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

No dia 19 de setembro, o Pioneiro publicou a terceira reportagem da série A Serra Precisa, com as principais demandas regionais para os candidatos a governador. O terceiro tema foi desenvolvimento.

A partir do contato da reportagem com a realidade regional e o depoimento de fontes protagonistas e especializadas na área, foram listadas 8 demandas da região. Elas foram submetidas aos candidatos a governador, que enviaram ao Pioneiro a visão que têm sobre cada um dos itens e o que pode ser feito, caso eleito.

As outras quatro reportagens da série A Serra Precisa abordam os temas Educação, Saúde, Segurança e Infraestrutura.

Confira o que pensa o candidato José Ivo Sartori (MDB):

1. Fortalecimento e criação de parques tecnológicos
"No mundo inteiro, os parques e incubadoras são propulsores de modernização. O estímulo à transferência de conhecimento e tecnologia à sociedade é uma de nossas metas. Até o final de 2018, teremos investido R$ 61 milhões em apoio aos Polos Tecnológicos. Vamos reforçar o estímulo ao conhecimento para impulsionar a competitividade e conquista de mercado."

2. Criação de APLs intensivos em tecnologia e em segmentos tradicionais
"Nossa diretriz é a modernização dos ramos tradicionais da economia ao inserir setores portadores de futuro (biotecnologia, automação, TI e nanotecnologia). Para isso, os parques e incubadoras têm papel estratégico. Nosso foco é tornar o Estado referência em inovação ao repassar aos APLS o conhecimento e valor agregado presentes nos parques tecnológicos."

3. Criação de APLs em segmentos tradicionais e fortalecimento de APLs já existentes
"A união de empresas em APLs fortalece os empreendimentos do mesmo ramo e garante melhorias nos produtos, gerando empregos e qualificação das empresas. Apoiamos mais de 40 projetos e 7.197 empresas. Mas é necessário avançar. Os APLs são uma importante ferramenta para valorização das cadeias produtivas locais ao atraírem novos investimentos âncora."

4. Linhas de financiamento para micro e pequena empresa
"As micro e pequenas empresas representam um terço do PIB e geram mais da metade dos empregos formais no RS. Nossa gestão lançou o Crédito Simples Banrisul para 300 mil micro e pequenas empresas com R$ 1,5 bilhão em financiamentos. Vamos estimular programas específicos para cada perfil de empresa, com editais dirigidos para micro e pequenas empresas."

5. Criação e fortalecimento de agroindústrias
"Programas como o Fundo de Apoio a Pequenos Agricultores (Feaper) beneficiaram milhares de famílias com melhorias na rede elétrica, construção de açudes e ampliação e compra de equipamentos e insumos. Fortaleceremos esses programas para agregar valor à produção, com apoio Feaper e do Badesul, promover capacitação e qualificação dos agricultores."

6. Incentivo à agricultura familiar
"Aplicamos cerca de R$ 1 bilhão em políticas públicas, assistência técnica e extensão rural. Vamos manter o apoio a programas de gestão da propriedade e aumentar o volume de financiamentos para projetos produtivos. Continuaremos contribuindo para a sustentabilidade na produção, o crescimento das cooperativas e permanência do jovem no meio rural."

7. Fortalecimento e diversificação da matriz turística
"Vamos potencializar o turismo de negócios e eventos com o Pró-Turismo, nos moldes do Pró-Esporte e Pró-Cultura. Iremos fortalecer o segmento, buscando a ampliação de recursos para a consulta popular, além de implantar a política de qualificação profissional e empresarial do turismo e apoiar a promoção e a comercialização para captar visitantes do Mercosul."

8. Programa de modernização
"Implantamos mudanças para que o Estado seja capaz de prestar mais e melhores serviços à população. O uso de tecnologia será ampliado para facilitar a vida do cidadão. Vamos fortalecer nosso programa de gestão e acompanhamento de resultados, monitorando projetos e indicadores para alcançarmos eficiência com redução de custos e otimização de resultados."

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros