O que pensa Jairo Jorge sobre a segurança na Serra - Notícias de Eleições - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 

Eleições 201821/09/2018 | 08h00Atualizada em 21/09/2018 | 08h00

O que pensa Jairo Jorge sobre a segurança na Serra

Candidato do PDT ao Piratini responde a 7 demandas do Pioneiro

O que pensa Jairo Jorge sobre a segurança na Serra Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Pioneiro

No dia 12 de setembro, o Pioneiro publicou a terceira reportagem da série A Serra Precisa, com as principais demandas regionais para os candidatos a governador. O terceiro tema foi segurança.   

A partir do contato da reportagem com a realidade regional e o depoimento de fontes protagonistas e especializadas na área, foram listadas 7 demandas da região. Elas foram submetidas aos candidatos a governador, que enviaram ao Pioneiro a visão que têm sobre cada um dos itens e o que pode ser feito, caso eleito. 

Leia mais
Justiça bloqueia bens de Jairo Jorge, nome do PDT ao governo
O que pensa Jairo Jorge sobre a educação da Serra
O que pensa Jairo Jorge sobre a saúde na Serra

Confira o que pensa o candidato Jairo Jorge (PDT).

As outras quatro reportagens da série A Serra Precisa abordam os temas Educação, Saúde, Desenvolvimento e Infraestrutura.

1. Aumentar o efetivo da Polícia Civil e da Brigada Militar
"
Vamos ampliar o efetivo da Polícia Civil e Brigada Militar e, por isso, somos contra o Regime de Recuperação Fiscal proposto pela União para renegociar a dívida do Estado, que só permitirá a reposição do efetivo em casos de aposentadoria ou morte. Vamos renegociar a proposta e, com o aumento da arrecadação que pretendemos atingir com a redução de impostos, vamos nomear novos policiais"

2. Ampliar o efetivo da Susepe na região
"
Vamos trabalhar para convocar os aprovados nos concursos progressivamente e inseri-los nas penitenciárias do Estado onde há maior necessidade para manutenção da ordem e para o controle das facções que os dominaram. Vamos ampliar os recursos para a segurança com o RS Investimentos, que irá administrar os oito mil terrenos e prédios ociosos do Estado".

3. Reestruturar delegacias com equipamentos e pessoal
"Hoje, o combate à criminalidade exige inteligência, e isso se faz com ampliação e qualificação dos profissionais que atuam na área e com investimentos em novas tecnologias, como fiz em Canoas quando fui prefeito. Instalamos um sistema de audiomonitoramento de armas de fogo e o Centro Integrado de Comando com 186 câmeras de monitoramento".

4. A ampliação dos presídios de Vacaria, Canela e Guaporé
"É preciso uma avaliação da infraestrutura desses presídios e encontrar soluções que não comprometam a segurança da sociedade e dos agentes. Defendo Parcerias Público-Privadas (PPPs) para realizar essas melhorias no sistema prisional e a ampliação dos recursos para o setor com a criação da RS Investimentos, que irá administrar os oito mil terrenos e prédios ociosos que Estado tem".

5. Uma cadeia pública para Caxias do Sul
"Quando fui prefeito de Canoas, instalamos o Complexo Prisional inédito no Estado, via Parceria Público-Privada (PPP), onde os apenados estudam, trabalham e são obrigados a usar uniformes, além de ser o único com bloqueador de celulares no Rio Grande.  É um modelo que pode ser seguido em outras cidades gaúchas, inclusive em Caxias neste momento em que precisamos soluções inovadoras".

6. Estímulo ao cercamento digital dos municípios
"Sou um apoiador do cercamento eletrônico. Vamos incentivar que os municípios coloquem em prática a tecnologia de forma conjunta, colaborando assim para a fiscalização das rodovias também. Em Canoas, instalamos 186 câmeras e vimos a redução nos índices de violência. Em Bento Gonçalves, essa tecnologia também já está dando resultados".

7. Ampliar a oferta de perícias na Serra
"O Instituto Geral de Perícias é outro órgão que necessita de ampliação do efetivo para evitar a morosidade e burocracia atual que atinge todo o Estado e também a Serra. Vamos contratar mais profissionais e encontrar soluções para desburocratizar o sistema e, com isso, tornar o trabalho dos peritos mais ágil para a sociedade gaúcha". 


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros