O que pensa Jairo Jorge sobre a saúde na Serra - Notícias de Eleições - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 

Eleições 201814/09/2018 | 08h00Atualizada em 14/09/2018 | 08h30

O que pensa Jairo Jorge sobre a saúde na Serra

Candidato do PDT ao Piratini responde a 7 demandas do Pioneiro

O que pensa Jairo Jorge sobre a saúde na Serra Carlos Macedo/Agencia RBS
Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS
Pioneiro

No dia 04 de setembro, o Pioneiro publicou a segunda reportagem da série A Serra Precisa, com as principais demandas regionais para os candidatos a governador. O segundo tema foi saúde.  

A partir do contato da reportagem com a realidade regional e o depoimento de fontes protagonistas e especializadas na área, foram listadas 7 demandas da região. Elas foram submetidas aos candidatos a governador, que enviaram ao Pioneiro a visão que têm sobre cada um dos itens e o que pode ser feito, caso eleito.

Leia mais
Justiça bloqueia bens de Jairo Jorge, nome do PDT ao governo
O que pensa Jairo Jorge sobre a educação da Serra

Confira o que pensa o candidato Jairo Jorge (PDT).

As outras quatro reportagens da série A Serra Precisa abordam os temas Educação, Segurança, Desenvolvimento e Infraestrutura.

1. Implantar redes de especialidades para média e alta complexidade
Jairo Jorge:
Queremos regionalizar a saúde no Estado e ofertar essas especialidades em diferentes regiões. Por isso, defendo a retomada do IHOSP (Incentivo de Cofinanciamento da Assistência Hospitalar) para fortalecer os hospitais regionais gaúchos, além de investir em policlínicas regionais, que irão equilibrar a saúde no Estado. 

2. Descentralizar os atendimentos hospitalares de alta e média complexidade
Jairo Jorge:
Queremos descentralizar os serviços e diminuir o deslocamento de pacientes para atendimento. A regionalização da saúde no Estado favorecerá a formação de consórcios hospitalares e, no nosso governo, os hospitais filantrópicos e de pequeno porte serão incentivados a funcionar de maneira integrada, oferecendo serviços complementares dentro da mesma região.

3. Ampliar a oferta de leitos de UTI
Jairo Jorge: Mais de 400 leitos foram fechados no RS nos últimos anos. Para mudar essa realidade, proponho o aumento da arrecadação por meio da "Lei do Gatilho" (redução de impostos a partir do crescimento da arrecadação) para que tenhamos mais recursos para investir. Fiz isso como prefeito de Canoas e quadrupliquei os recursos na área, duplicamos o número de leitos hospitalares e reabrimos o Hospital Universitário com capacidade para 453 leitos.

4. Construir e equipar o Hospital Público de Bento Gonçalves
Jairo Jorge: Precisamos de soluções inovadoras quando as antigas não funcionam. Neste caso específico, defendo parcerias público-privadas (PPPs) para construção e compra de equipamentos para o Hospital de Bento Gonçalves para que nem governo, nem prefeitura tenham de arcar com todo o investimento. Está no nosso programa de governo um marco regulatório das PPPs. 

5. Concluir a ampliação do Hospital Geral com ala de maternidade
Jairo Jorge: Quando fui prefeito de Canoas,  alcançamos a marca de mais de oito mil partos e mais de 65 mil consultas pré-natal, além de distribuir kits com fraldas, roupinhas e outros itens necessários para os bebês. Buscaremos recursos nas PPPs para a conclusão das obras do Hospital Geral e a implantação da ala da maternidade.

6- Qualificar a atenção básica e ampliar a oferta de especialistas
Jairo Jorge: Defendemos um modelo preventivo, com investimentos na Atenção Básica, evitando gastos posteriores na média e alta complexidade. É preciso reforçar, em parceria com os municípios, o sistema de vigilância, controle epidemiológico, visando a reduzir os riscos de ocorrências ou surtos. Esta ação resulta na redução do custeio e melhorias na saúde dos gaúchos

7- Retomar o cofinanciamento do Estado para hospitais filantrópicos
Jairo Jorge: A retomada do Incentivo de Cofinanciamento da Assistência Hospitalar (IHOSP) é um dos pontos centrais do nosso programa de governo na saúde. Foi criado pelo então secretário Ciro Simoni, nosso coordenador de campanha, e ajuda a aumentar os atendimentos, consultas com especialistas e ajuda a equilibrar os gastos do Estado na área.

Leia também:   
Tá no Ar: Alckmin morde e assopra   
Luis Carlos Heinze, candidato ao Senado do PP, anuncia apoio a Bolsonaro

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros