O que pensa Eduardo Leite sobre a saúde na Serra - Notícias de Eleições - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 

Eleições 201814/09/2018 | 08h00Atualizada em 14/09/2018 | 08h29

O que pensa Eduardo Leite sobre a saúde na Serra

Candidato do PSDB ao Piratini responde 7 demandas do Pioneiro

O que pensa Eduardo Leite sobre a saúde na Serra Félix Zucco/Agencia RBS
Foto: Félix Zucco / Agencia RBS
Pioneiro

No dia 04 de setembro, o Pioneiro publicou a segunda reportagem da série A Serra Precisa, com as principais demandas regionais para os candidatos a governador. O segundo tema foi saúde.  

Leia mais
"Não tenho nenhum medo e estou à disposição", diz Eduardo Leite sobre ser candidato ao governo do RS
O que pensa Eduardo Leite sobre a educação da Serra

A partir do contato da reportagem com a realidade regional e o depoimento de fontes protagonistas e especializadas na área, foram listadas 7 demandas da região. Elas foram submetidas aos candidatos a governador, que enviaram ao Pioneiro a visão que têm sobre cada um dos itens e o que pode ser feito, caso eleito.

Confira o que pensa o candidato Eduardo Leite (PSDB).

As outras quatro reportagens da série A Serra Precisa abordam os temas Educação, Segurança, Desenvolvimento e Infraestrutura.

1. Implantar redes de especialidades para média e alta complexidade
Eduardo Leite:
Hoje temos uma rede de atenção organizada de forma a concentrar, especialmente a alta complexidade, em poucos municípios polos e principalmente na Região Metropolitana. A redistribuição dos serviços deve levar em consideração as necessidades epidemiológicas das regiões e principalmente a capacidade instalada para prestação desses serviços. 

2. Descentralizar os atendimentos hospitalares de alta e média complexidade
Eduardo Leite:
Importante organizar efetivamente a descentralização dos serviços para que as pessoas possam ter o seu atendimento, especialmente de alta e média complexidade, mais perto do seu município. Para tanto, é fundamental um novo pacto de regionalização através de uma parceria entre o Estado, os municípios e os prestadores de serviços. 

3. Ampliar a oferta de leitos de UTI
Eduardo Leite:  A ampliação de leitos de UTI em regiões específicas do Estado é fundamental. Temos de levar em consideração a necessidade epidemiológica das regiões, a logística de deslocamento das pessoas e a capacidade instalada da rede hospitalar de cada município. Especialmente os hospitais filantrópicos precisam ter apoio para melhoria de infraestrutura e equipamentos. 

4. Construir e equipar o Hospital Público de Bento Gonçalves
Eduardo Leite: Temos uma ampla rede hospitalar, mas com importantes vazios assistenciais. Então, toda nova construção de hospital deve passar por um debate com os municípios, pela a garantia do recurso para a realização da obra e para a aquisição dos equipamentos. E, acima de tudo, pela segurança da habilitação dos serviços junto ao Ministério de Saúde. 

5. Concluir a ampliação do Hospital Geral com ala de maternidade
Eduardo Leite: Vimos nos últimos anos de uma superlotação em alguns hospitais, como no caso do Hospital Geral, pela deficiência de espaço físico. Isso afeta o atendimento e indicadores de qualidade.  As obras inacabadas terão prioridade, pois não se pode deixar de levar em consideração os valores já investidos e o impacto disso nas contas públicas. 

6- Qualificar a atenção básica e ampliar a oferta de especialistas
Eduardo Leite: A qualificação passa pela ampliação da cobertura da Estratégia de Saúde da Família que tem mostrado resultados importantes nas taxas de redução de internações hospitalares. Os valores dos incentivos estaduais precisam ser revistos, pois não são atualizados há vários anos, bem como a necessidade de ampliação dos valores repassados pelo governo federal. 

7- Retomar o cofinanciamento do Estado para hospitais filantrópicos
Eduardo Leite: A retomada de qualquer valor de cofinanciamento para os hospitais passa por uma urgente discussão junto ao Ministério da Saúde da revisão dos valores da tabela SUS, em que muitos procedimentos não são atualizados há anos, alguns há décadas. Somos a favor de novo debate da sociedade sobre o cofinanciamento para hospitais que prestam serviços ao SUS.

Leia também
Mirante: ato condenável contra Bolsonaro e à democracia
Suplente do PSC assume como vereador na Câmara de Caxias
TSE aprova candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência
Mirante: fundo partidário chega a candidatos a deputado de Caxias
Tá na Web: Em novo vídeo, Temer parte para cima de Haddad 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros