Mirante: candidatos cumprem agenda em terreno confortável em Caxias - Notícias de Eleições - Política: deputados, prefeitos e mais - Pioneiro
 

Eleições 201828/08/2018 | 05h04Atualizada em 11/09/2018 | 13h41

Mirante: candidatos cumprem agenda em terreno confortável em Caxias

Nesta terça-feira, Alckmin e Ana Amélia estarão na CIC. Mateus Bandeira acompanha Gustavo Franco, coordenador do plano econômico de Amoêdo

Mirante: candidatos cumprem agenda em terreno confortável em Caxias Renato Alves/Divulgação
Coligação Para Unir o Brasil, formada por Alckmin e Ana Amélia, vem a Caxias e conversa com empresários Foto: Renato Alves / Divulgação

Candidato com o maior número de partidos na coligação (o chamado Centrão, PSDB, PRB, PP, PTB, PR, PPS, DEM, PSD e SD), o que lhe proporcionará o maior tempo no horário eleitoral gratuito, Geraldo Alckmin (PSDB) vem a Caxias hoje acompanhado da vice, a senadora Ana Amélia Lemos (PP). Ele estará na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC), às 8h, em encontro aberto para empresários de Caxias e região. O tucano pisa em terreno confortável. O candidato ao governo do Estado pelo PSDB, Eduardo Leite, também estará presente.

São dois presidenciáveis que visitam Caxias em sequência – sexta, veio Henrique Meirelles (MDB) com o candidato à reeleição ao Piratini, José Ivo Sartori (MDB). Eles falaram para o seu público, os partidos da coligação de Sartori (MDB, PSD, PSB, PR, PSC, Patriota, PRP, PMN e PTC), pois se tratava de mobilização regional.

Outro candidato ao governo cumpre agenda em Caxias nesta terça. Mateus Bandeira (Novo) estará com o ex-presidente do Banco Central, economista Gustavo Franco, coordenador das propostas da área de economia do programa do presidenciável João Amoêdo (Novo). Eles participam de almoço-palestra no Restaurante Casa DiPaolo, às 11h30min, no bairro Lourdes. 

O que se percebe é que na agenda não há contato com a população em geral. Embora o almoço com o candidato do Novo seja aberto para não-filiados, não se trata do candidato indo ao encontro dos eleitores. Falta o “pé no barro”.

O mesmo se viu com os candidatos ao governo pelo PDT, Jairo Jorge, e pelo PT, Miguel Rossetto, que vieram à cidade e estiveram em atividades rodeados de membros de seus partidos. 

Até agora, neste início de campanha, eles têm participado de atividades em Caxias que não os colocam cara a cara com as cobranças da massa do eleitorado, embora queiram seu voto. 

Leia também
Tá na Web: Meirelles provoca Bolsonaro e pergunta quantos empregos ele criou no Brasil
CIC de Caxias não ficou satisfeita com número de candidatos a deputado
Mirante: maioria dos vereadores caxienses não vai se licenciar para campanha

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros