Investigações da Polícia Civil apontam para identificação de homem encontrado carbonizado em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Crime10/10/2020 | 13h01Atualizada em 10/10/2020 | 13h01

Investigações da Polícia Civil apontam para identificação de homem encontrado carbonizado em Caxias do Sul

Delegado afirma que, mesmo sem resultado laboratorial, tudo indica que André Moreira Sotel, 39, seja a vítima do crime

Investigações da Polícia Civil apontam para identificação de homem encontrado carbonizado em Caxias do Sul Divulgação / Polícia Civil/Polícia Civil
Segundo o delegado Ives Trindade, que atua nas investigações do crime, todos os indícios apontam que a vítima seja André Moreira Sotel, 39 Foto: Divulgação / Polícia Civil / Polícia Civil

A Polícia Civil ainda aguarda exame laboratorial para oficializar a identificação do homem que foi morto e teve corpo carbonizado encontrado no porta-malas de um automóvel na manhã de quarta-feira (7), em Caxias do Sul. Segundo o delegado Ives Trindade, que atua nas investigações do crime, todos os indícios apontam para André Moreira Sotel, 39.

Leia mais
Jovem e adolescente confessam morte de homem encontrado carbonizado em Caxias  

— O veículo não está no nome dele, mas sabemos que pertencia a ele, assim como objetos encontrados, como o celular, reconhecidos pelos familiares, que também afirmaram que ele está desaparecido desde quarta-feira — afirmou o delegado.

Ainda segundo Trindade, a vítima era moradora de Caxias do Sul e tinha passagem pela polícia por estelionato em cheques usados para a compra de veículos. Ele não informou mais detalhes a respeito da investigação.

Adolescente que confessou participação foi apreendido

O adolescente de 14 anos que confessou participação no crime foi encaminhado ao Centro de Atendimento Socioeducativo (Case). A internação provisória foi decretada na sexta-feira (9), pelo Juizado da Infância e da Juventude. O primo dele, de 25 anos, também confessou participação à Polícia Civil, mas sua situação não foi informada pelo delegado Trindade.

Em depoimento à polícia, o adolescente e seu primo afirmaram ter matado a vítima, colocado o corpo dela no porta-malas do carro, que foi encontrado incendiado em Santa Lúcia do Piaí, interior do município. A dupla foi localizada no dia seguinte, quinta-feira (8), por volta das 10h30min, em uma propriedade na localidade de Tunas Altas, também no interior de Caxias.

Ainda em depoimento, a dupla alegou ter cometido o crime após ter sido agredida pelo homem do qual aceitaram carona.

Leia também
Prefeitura de Caxias revoga compra emergencial de testes rápidos de covid-19






Na data de ontem, atendendo a requerimento desta especializada, foi decretada pelo Juizado da Infância e da Juventude desta comarca a internação provisória do adolescente infrator de 14 anos de idade, que juntamente com seu primo maior, matou e ateou fogo no veículo da vítima com o cadáver desta no porta malas do mesmo, fato ocorrido na data de 07/10/2020, na estrada de Santa Lúcia do Piaí. O menor foi encaminhado ao CASE ainda na noite de ontem, onde deverá permanecer à disposição  daquele Juizado. 


  Centro de Atendimento Socioeducativo 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros