Candidato a vereador é assassinado a tiros em Flores da Cunha - Polícia - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Homicídio27/10/2020 | 15h52Atualizada em 27/10/2020 | 17h18

Candidato a vereador é assassinado a tiros em Flores da Cunha

 João Carraro, 63 anos, foi alvejado na localidade de Lagoa Bela

Candidato a vereador é assassinado a tiros em Flores da Cunha Divulgação/
João Carraro estava em campanha pelo PSB Foto: Divulgação

Um candidato a vereador foi assassinado a tiros no interior de Flores da Cunha na tarde desta terça-feira (27). João Carraro, 63 anos, foi alvejado em frente a uma residência na localidade de Lagoa Bela, próximo a RS-122. Os assassinos tripulavam um carro branco.

O crime aconteceu por volta das 13h40min. Carraro teria estacionado seu Palio vermelho próximo ao portão de uma propriedade e desembarcado. Neste momento, foi alvejado. O candidato foi atingido por cinco tiros na cabeça, abdome e braço.

Segundo a Polícia Civil, Carraro teria ido até a localidade para divulgar a sua candidatura.

— Em princípio, estava fazendo propaganda política, o chamado corpo a corpo. Um Gol branco, que provalmente já estava seguindo o candidato, se aproximou, um homem desembarcou e atirou contra ele. Neste momento, não podemos descartar nenhuma motivação — aponta o delegado  Rodrigo Kegler Duarte..

Natural de Pinhalzinho e funcionário público municipal desde 1988, Carraro se filiou ao PDT em 1995. Ele foi vereador em Flores da Cunha entre 2005 e 2008. Ele também foi presidente do Esporte Clube Atlético União em 1997. Neste pleito, Carraro estava em campanha pelo PSB.

— O que sabemos é que alguém parou o carro e deu os tiros nele, mas é prematuro falar sobre motivação. O que sentimos é a perda de um servidor de carreira da área de obras, uma pessoa de conduta tranquila, que se aposentou e já tinha sido vereador. Era um candidato forte para se eleger, lamentamos muito. É triste que este tipo de coisa aconteça nos tempos atuais. Era uma pessoa simples, batalhadora e uma liderança do povo — lamenta o ex-prefeito Ernani Eberle, que esteve no local do crime, é presidente do partido e candidato a prefeito pelo PSB.

Na última eleição municipal, em 2016, Carraro fez 398 votos e ficou como suplente pelo PSB.

Leia também
Emater orienta produtores da Serra a adotar medidas para minimizar efeitos da estiagem
Prefeitura de Caxias autoriza velório de infectados por coronavírus que morreram de outras complicações

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros