BM monitorava guerra de facções e sabia sobre atentado que levou a confronto com cinco mortos em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Crime organizado14/10/2020 | 08h23Atualizada em 14/10/2020 | 09h57

BM monitorava guerra de facções e sabia sobre atentado que levou a confronto com cinco mortos em Caxias do Sul

Setor de inteligência tinha informações sobre tomada de ponto de tráfico na madrugada

BM monitorava guerra de facções e sabia sobre atentado que levou a confronto com cinco mortos em Caxias do Sul Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A Brigada Militar (BM) monitorava desde a tarde de terça-feira (13) a região onde ocorreu o confronto que resultou na morte de cinco suspeitos na madrugada desta quarta-feira (14) em Caxias do Sul. Em entrevista ao Gaúcha Hoje da rádio Gaúcha Serra, o comandante do 4º Batalhão de Choque, major Diego Soccol, relatou que o monitoramento começou depois do setor de inteligência colher informações que um grupo tentaria tomar um ponto de tráfico de drogas no bairro Pioneiro.  

Leia mais
Após ataque a ponto de tráfico, cinco suspeitos morrem em confronto com a BM em Caxias do Sul

Os suspeitos mortos, de acordo com a BM, estavam em um Voyage branco que saiu de Farroupilha e foram abordados após atacarem o alvo. O grupo, que integraria uma facção criminosa, não parou ao sinal dos policiais e fugiu em direção à Rota do Sol. A reação rápida dos policiais resultou nas cinco mortes. 

— Duas guarnições nossas acabaram fazendo o acompanhamento na região. Passaram a Ponte Seca em direção a Farroupilha. Eles pararam o veículo, nós tentamos fazer a abordagem, eles desceram atirando. Os cinco criminosos ficaram nas imediações do veículo, alguns inclusive com carregador na cintura, mas todos com armas em punho — detalhou o major Soccol, em entrevista ao Gaúcha Atualidade desta quarta. 

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 14/10/2020 - Cinco suspeitos morreram em confronto com a Brigada Militar (BM) no início da manhã desta quarta-feira (14) em Caxias do Sul. A troca de tiros aconteceu na RS-453 (Rota do Sol), após uma perseguição que iniciou no bairro Pioneiro, onde os criminosos atacaram um ponto de venda de drogas que pertenceria a um grupo rival. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)<!-- NICAID(14615861) -->
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Depois, um sexto suspeito foi localizado e trocou tiros com a BM. Ele foi baleado e socorrido pelo SAMU. De acordo com o major Soccol, com o grupo foram encontrados um fuzil, três pistolas, um revólver, um colete balístico e um rádio na frequência da BM. Os mortos ainda não foram identificados oficialmente. Conforme o comandante do Batalhão de Choque, policiais reconheceram dois deles de outras ocorrências policiais, principalmente ligadas ao tráfico de drogas.  

Ouça a entrevista ao Gaúcha Hoje da rádio Gaúcha Serra na íntegra:

Leia também
Prefeitura de Caxias do Sul aponta que 9.358 moradores já contraíram o coronavírus
Bento Gonçalves registra mais duas mortes por complicações do coronavírus
Caxias do Sul tem a menor média de assaltos desde 2002 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros