Após atropelamento, mulher morre em hospital de Vacaria - Polícia - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Trânsito29/09/2020 | 07h31Atualizada em 29/09/2020 | 10h24

Após atropelamento, mulher morre em hospital de Vacaria

Ironi Ângela Zorzi foi atingida por uma caminhonete na Rua Plínio Salgado

Uma mulher de 73 anos morreu depois de ser atropelada na Rua Plínio Salgado, no bairro Gasparetto, em Vacaria, na segunda-feira (28). Conforme os Bombeiros do município, Ironi Ângela Zardo foi atingida por uma caminhonete Nissan por volta das 11h. Ela chegou a ser encaminhada para atendimento no Hospital Nossa Senhora da Oliveira, mas sofreu uma parada cardíaca e não resistiu. 

Conforme o delegado de Polícia Civil em Vacaria, Anderson Silveira, a vítima caminhava pela via que não possui faixa de pedestre e apresenta calçadas irregulares. Quem conduzia o veículo era uma mulher, de Vacaria, que fazia a conversão da Rua Eça de Queiroz para a Plínio Salgado. A vítima morava a cerca de 500 metros do local do acidente.

De acordo com o delegado, ela dirigia em baixa velocidade. No momento do acidente, a condutora precisou ser encaminhada ao hospital por nervosismo, mas não sofreu ferimentos.  Ela terá que responder por homicídio culposo de trânsito, quando não há intenção de matar.

Leia também
Audiência pública debate nova concessão do transporte coletivo de Caxias do Sul 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros