Polícia prende motociclista que recolhia cartões e descobria senhas de vítimas de golpes em Vacaria - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Estelionato31/07/2020 | 14h51Atualizada em 31/07/2020 | 15h02

Polícia prende motociclista que recolhia cartões e descobria senhas de vítimas de golpes em Vacaria

Investigação identificou o veículo usado nos crimes e suspeito foi detido em Lagoa Vermelha

Polícia prende motociclista que recolhia cartões e descobria senhas de vítimas de golpes em Vacaria Polícia Civil / Divulgação/Divulgação
Ação policial apreendeu 40 máquinas de pagamento com o suspeito de estelionato Foto: Polícia Civil / Divulgação / Divulgação

Um suspeito de aplicar uma série de golpes do recolhimento de cartão de crédito em Vacaria foi detido no final da manhã desta sexta-feira (31). A Polícia Civil havia identificado a motocicleta utilizada nos estelionatos e repassado a informação para policiais de toda a região. O veículo foi localizado em Lagoa Vermelha e o condutor detido em flagrante.

Leia mais
Polícia de Garibaldi divulga imagens de estelionatários que aplicavam golpes no município

Segundo a Polícia Civil de Vacaria, ele é o autor de pelo menos seis golpes que causaram grande prejuízo às vítimas. Os crimes aconteceram entre quarta e quinta-feira (30). A investigação descobriu que o golpista utilizava uma motocicleta CG 125 Cargo ES, de cor branca e placa EXL-2864, de São Paulo. 

Foi este veículo que foi abordado em Lagoa Vermelha. O condutor é um homem de 26 anos, natural de São Paulo. Com ele, os policiais apreenderam 40 máquinas de pagamento. O suspeito foi conduzido à delegacia local para esclarecimentos. No momento da ação policial, o suspeito não estava com o dinheiro das vítimas.

Motocicleta de São Paulo utilizada nos golpes em VacariaFoto: Polícia Civil / Divulgação

Como acontece o golpe do recolhimento do cartão:

O golpe inicia com uma ligação telefônica, em que a quadrilha simula um atendimento bancário. A vítima é enganada e o "banco" afirma que irá enviar um funcionário para recolher os cartões dela.

No endereço, uma máquina, semelhante às de pagamento no comércio, é utilizada para fazer a vítima digitar sua senha. Na sequência, o golpista rapidamente realiza diversos saques e gastos com o cartão e senha da vítima, até atingir o limite bancário.

De acordo com a Polícia Civil, esse tipo de golpe é aplicado por quadrilhas especializadas que percorrem o país tirando dinheiro dos desavisados. Em março, uma organização criminosa de São Paulo, que agia de forma idêntica, praticou uma séria de crimes em 10 cidades gaúchas. Integrantes foram detidos em Vacaria quando tentavam deixar o Estado.

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros