Polícia investiga duas versões sobre morte de homem esfaqueado em Vacaria - Polícia - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Homicídio13/07/2020 | 10h16Atualizada em 13/07/2020 | 10h21

Polícia investiga duas versões sobre morte de homem esfaqueado em Vacaria

Vítima é natural de Caxias do Sul e foi ferido na área central da cidade

A Polícia Civil de Vacaria investiga duas versões para a morte de Alessandro Santos de Almeida, 29 anos. Ele foi esfaqueado na madrugada de domingo (13) e socorrido por policiais militares, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. Aos PMs, Almeida teria dito que foi atingido quando separava uma briga de casal. Contudo, uma pessoa ligou ao 190 e relatou ter reagido a um assalto na mesma região do esfaqueado.

Almeida é natural de Caxias do Sul, mas residente em Vacaria. Ele foi atingido por  golpes de faca no abdômen e encontrado na Rua Julio de Castilhos, na área central da cidade, pouco depois da meia-noite. Aos brigadianos que o socorriam, Almeida disse que interviu em uma briga de casal e foi golpeado pelo homem.

Minutos depois, a BM recebeu a ligação de uma pessoa que relatou ter reagido a um assalto, no mesmo local. A Polícia Civil identificou este denunciante e apuro os fatos para chegar à verdade.

Este é o quinto assassinato registrado em 2020 na maior cidade dos Campos de Cima da Serra.

Leia também
Após as chuvas, previsão é de temperaturas negativas na Serra
Jovem é morto a tiros no bairro Santa Fé em Caxias
Pandemia fecha as portas de tradicionais estabelecimentos de Caxias do Sul

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros