Caxias do Sul foi a cidade gaúcha com maior aumento de homicídios no primeiro semestre - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Violência09/07/2020 | 13h25Atualizada em 09/07/2020 | 14h37

Caxias do Sul foi a cidade gaúcha com maior aumento de homicídios no primeiro semestre

O município contraria a tendência estadual que teve redução de mortes, conforme os dados apresentados pelo governo estadual

Caxias do Sul foi a cidade gaúcha com maior aumento de homicídios no primeiro semestre Antonio Valiente/Agencia RBS
Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

Caxias do Sul foi o município gaúcho que teve o maior aumento no número de homicídios neste primeiro semestre. A cidade contabilizou 41 mortes entre janeiro e junho de 2020 contra 27 vítimas no mesmo período do ano passado. Estas 14 mortes a mais representam um aumento de 52% e a pior comparação em todo o Estado. As estatísticas foram divulgadas pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP) na manhã desta quinta-feira (9).

Leia mais
Em junho, Caxias do Sul registra uma morte por violência a cada 40 horas
Caxias do Sul teve a maior alta de homicídios do RS em abril 

Além dos homicídios, Caxias do Sul também teve aumento nos latrocínios (roubos com morte) — de dois casos em 2019 para três neste ano. Um crescimento dos assassinatos era esperado em razão do bom resultado do ano passado. Com 89 mortes, 2019 teve com menor número de assassinatos dos últimos 15 anos. Ainda assim, o desempenho do primeiro semestre gera um alerta nas forças de segurança porque o segundo maior município gaúcho está na contramão da tendência estadual.

Em todo o Rio Grande do Sul, foram 901 homicídios no primeiro semestre, o que representa uma queda de 9% na comparação com o período do ano passado. São 86 mortes a menos. É  o segundo ano consecutivo que o acumulado no primeiro semestre fica abaixo das mil mortes, o que antes não acontecia desde 2011, quando foram 870 óbitos, segundo os dados da SSP.

Entre os 10 municípios que tiveram a maior redução de homicídios, aparece Bento Gonçalves. A Capital do Vinho contabilizou 19 assassinatos neste primeiro semestre. São seis mortes a menos que no mesmo período do ano passado. A expectativa é que a redução prossiga, pois a cidade foi incluída no programa RS Seguro, estratégia do governo estadual para o combate à criminalidade.

O anúncio aconteceu no início do mês, quando Farroupilha também foi agregada a este grupo de 23 municípios que recebem prioridade no combate à violência.

Leia também
Entidades e especialista se posicionam sobre possível tratamento precoce de covid em Caxias
Funcionários do comércio essencial serão testados para o coronavírus em Flores da Cunha
Enchente: mais de 1700 pessoas estão fora de casa em São Sebastião do Caí

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros