PMs focados em evitar aglomerações e algazarras em Farroupilha - Polícia - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Patrulha do Barulho03/06/2020 | 12h46Atualizada em 03/06/2020 | 12h46

PMs focados em evitar aglomerações e algazarras em Farroupilha

Na pandemia, crescem as denúncias sobre perturbação do sossego de jovens que buscam alternativas de lazer no município

PMs focados em evitar aglomerações e algazarras em Farroupilha Brigada Militar / Divulgação/Divulgação
Foto: Brigada Militar / Divulgação / Divulgação

Com bares e casa noturnas fechados pelas medidas de combate ao coronavírus, alguns farroupilhenses buscaram alternativas para encontrar amigos. Só que as aglomerações indevidas, além de possibilitar o contágio pela covid-19, perturbam a vizinhança. Por isso, a Brigada Militar (BM) criou uma Patrulha do Barulho. São oito policiais divididos em duas viaturas que atuam exclusivamente em locais de encontro de jovens e atendendo chamados ao 190 sobre algazarras.

No primeiro final de semana, foram 115 pessoas abordadas, quatro veículos recolhidos e nove termos circunstanciados confeccionados. Quatro pessoas foram flagradas sem máscaras e um som automotivo foi apreendido. As festas terminadas pelos PMs incluíam encontros em ruas de loteamentos até churrascos em residências.

— Tivemos que achar uma maneira de atender a comunidade. São muitas reclamações, não só pelo 190, mas também durante as conversas que fazemos nos bairros. As pessoas relatam muito este desrespeito. Foi preciso encontrar uma maneira de combater estas situações — explica o major Juliano Amaral, subcomandante do 36º Batalhão de Polícia Militar (36º BPM).

Nas patrulhas, os brigadianos observam o cumprimento dos decretos estadual e municipal para enfrentamento da epidemia de coronavírus. Também são verificadas as situações de perturbação de sossego público, conforme a Lei de Contravenções Penal, e possíveis infrações de trânsito — como embriaguez ao volante e veículos sem licenciamento. Quando os encontros acontecem em residências, o proprietário é autuado e os participantes são convidados a se retirar. 

— Estes encontros que reúnem carros, som alto e bebidas alcoólicas acontecem em loteamentos e locais mais isolados da área urbana. No sábado, fomos em cinco pontos mapeados previamente e em todos tinham festas. A patrulha também atende a denúncias sobre bares funcionando e reclamações de vizinhos. Percebemos que não é um churrasco de família, mas sim uma festa com diversas pessoas — relata o oficial.

Para criar a Patrulha do Barulho, o 36º BPM criou nova escala para que estes PMs possam estar disponíveis nas noites do final de semana. O major Amaral aponta que só com o policiamento ordinário não é possível atender toda a demanda de ocorrências. Apesar de não ser uma estratégia permanente, patrulha voltará a percorrer Farroupilha no próximo final de semana e enquanto continuarem os desrespeitos a atual situação de pandemia.

Leia também
Homem é preso ao furtar placa do Centro de Atenção ao Turista na principal praça de Caxias
Projeto Marmita Solidária busca ajuda para alimentar crianças pobres em Caxias 
Hospitais da Serra receberão mais de R$ 30 milhões do Governo Federal para enfrentar pandemia

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros