Cocaína é encontrada escondida dentro de tênis que seria entregue a detento em Guaporé - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Flagrante 28/06/2020 | 12h33Atualizada em 28/06/2020 | 12h42

Cocaína é encontrada escondida dentro de tênis que seria entregue a detento em Guaporé

Agentes penitenciários flagraram a droga quando passaram o sapato pelo scanner

Cocaína é encontrada escondida dentro de tênis que seria entregue a detento em Guaporé Susepe/Divulgação
Cocaína é encontrada escondida dentro de tênis que seria entregue a detento em Guaporé Foto: Susepe / Divulgação

A esposa de um presidiário tentou entregar cocaína ao marido, que cumpre pena no Presídio Estadual de Guaporé, na tarde de sábado (27).  A droga estava escondida na sola de um tênis que foi entregue na portaria da penitenciária. O flagrante ocorreu por volta das 14h40min quando os agentes penitenciários da Susepe passaram o sapato pelo scanner. 

De acordo com a Susepe, como as visitas estão suspensas, os familiares levam até o presídio materiais e artigos autorizados para serem entregues aos apenados. Ao passar o tênis pelo aparelho, os agentes encontraram duas buchas e uma grama de cocaína escondidas no calçado. O sapato foi levado até o presídio pela companheira de um preso do regime fechado.

Leia mais 

 http://pioneiro.clicrbs.com.br/rs/policia/noticia/2020/03/visitas-nos-presidios-gauchos-serao-suspensas-por-15-dias-devido-ao-coronavirus-12293313.html 

O crime foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Guaporé.  A mulher será autuada por tráfico de drogas. Na última sexta (26), um rapaz de 19 anos forçou a própria prisão para levar drogas para dentro de um presídio de Caxias do Sul. O criminoso estava com o braço engessado, onde escondeu um pacote de maconha, uma porção de cocaína e nove chips de celular. 

Ainda segundo a polícia, a intenção dele era ser preso com um revólver, como realmente aconteceu na Praça da Bandeira, e burlar a revista dos órgãos policiais. Só que a trama foi descoberta com antecedência pelo trabalho de inteligência da Polícia Civil na Serra, o que permitiu ao delegado plantonista determinar a retirada do gesso e a apreensão das drogas ainda na delegacia.

Os policiais militares relataram que, desde o momento da prisão pelo revólver, o criminoso pedia para ir para a Penitenciária Estadual do Apanhador. Para as autoridades policiais, este ato de forçar uma prisão para levar drogas para dentro da cadeia está relacionada com a suspensão das visitas nos presídios pelas medidas contra a pandemia de coronavírus.  A suspensão seguem até 5 de julho,  por determinação do governo do Estado, podendo ser novamente prorrogada, dependendo da evolução da pandemia no RS. 

Leia também
Idosa assassinada em São Marcos sonhava em voltar a morar no Paraná 
Decreto que restringe medidas em Caxias foi alternativa para evitar volta à bandeira vermelha, segundo secretário
Prefeitura de Vacaria confirma a sétima morte por coronavírus


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros