Dois são presos em operação contra golpe dos nudes em Caxias e Farroupilha - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Investigação12/05/2020 | 10h46Atualizada em 12/05/2020 | 13h44

Dois são presos em operação contra golpe dos nudes em Caxias e Farroupilha

Outros criminosos investigados na Operação Sextorsion usavam nomes e imagens de policiais civis

Dois são presos em operação contra golpe dos nudes em Caxias e Farroupilha Polícia Civil/Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação

Uma ação da Polícia Civil prendeu um homem em Caxias do Sul e uma mulher em Farroupilha na manhã desta terça-feira (12) durante a Operação Sextorsion, que combate crimes de extorsão. Segundo o delegado André Anicet, titular da Delegacia de Repressão aos Crimes Informáticos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), os dois são suspeitos de fornecerem contas bancárias para depósitos de dinheiro do crime. Um apenado, que está na Penitenciária Modulada de Montenegro, utilizava os comparsas para depositar valores obtidos com os golpes de nudes.  

Segundo a polícia, são quatro vítimas do município de Áurea; uma de Gaurama e outra de Tapejara, todas do norte do Estado. Uma sétima vítima, ainda, é de Pelotas, sul do estado. Conforme o Deic, foram exigidos valores de até R$ 60 mil, mas a polícia comprovou pelo menos dois depósitos, de R$ 3 mil e R$ 8,6 mil. As identificações dos envolvidos não foram divulgadas.  

 O detido de Montenegro se comunicava por redes sociais com homens fingindo ser uma adolescente. Depois que conseguia que a vítima enviasse fotos íntimas, o preso telefonava como se fosse o pai da jovem e, assim, exigia dinheiro para não denunciar o fato aos familiares. Se houvesse recusa, o criminoso se passava por policial. Ele utilizava nomes e imagens de agentes e delegados.  O próximo passo da Operação será solicitar quebra de sigilos bancário e telefônico dos investigados. 

Leia também
Questões sanitárias para a realização das eleições ainda são analisadas pela Justiça Eleitoral
Restaurante em Gramado se desculpa por cliente que dançou ao som do "meme do caixão"

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros