Filho de dono de loja de materiais de construção é baleado durante assalto em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Roubo24/04/2020 | 18h31Atualizada em 24/04/2020 | 18h34

Filho de dono de loja de materiais de construção é baleado durante assalto em Caxias do Sul

Este seria o 15º assalto sofrido pelo empresário caxiense

O filho do proprietário de uma loja de materiais de construção foi baleado durante um assalto em Caxias do Sul na manhã desta sexta-feira (24). O tiro atravessou a panturrilha do homem de 32 anos, que passou por atendimento médico e ficará internado no hospital até a segunda-feira por precaução. Após o susto, o dono da loja relatou que este foi o 15º assalto que sofreu.

O assalto aconteceu às 10h45min no bairro Esplanada. Segundo a Brigada Militar (BM), o suspeito é um homem moreno claro, de barba rala e cerca de 1,70m de altura. Ele fugiu levando um celular e R$ 800.

— Este rapaz estava com uma mochila na mão esperando para ser atendido. Quando o outro cliente saiu, ele anunciou o assalto. O meu guri estava no meu lado e se mexeu, porque achou que era brincadeira, e por isso levou o tiro. Pensamos que era brincadeira, não acreditamos na situação. Acho que (o bandido) só não atirou em mim porque um vizinho apareceu — conta o empresário de 58 anos, que tem a identidade preservada.

O ladrão recolheu o dinheiro do caixa e fugiu correndo. Apesar do ataque criminoso, o dono da loja tentava manter o bom humor na tarde desta sexta. Ele agradeceu por saber que o filho ficará bem de saúde.

— Já fui assaltado 15 vezes, na rua, em vários lugares, até jogando bola. Mas a maioria, acho que uns 10, foi na loja. Não é azar, é que o pessoal acha que tenho dinheiro. Faz parte. Sou um cara sortudo, cada vez que me assaltam volto melhor ainda. Levanto a cabeça e sigo em frente. Medo todo mundo tem, mas tem que saber controlar — comenta.

O empresário afirma que em alguns destes assaltos, os criminosos foram presos logo após o crime. Em outros, admite que nem fez boletim de ocorrência — o que a Polícia Civil e BM ressaltam ser importante, pois é com base nos registros que o trabalho dos policiais é direcionado.

Leia também
Sem novos casos, Caxias do Sul aponta 31 recuperados do coronavírus
VÍDEO: Empresa caxiense desenvolve equipamento de desinfecção de pessoas e animais
Fevereiro registra retração de 7,37% no comércio caxiense

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros