Em operação com helicóptero, quatro são presos por tráfico de drogas em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Patrulhamento aéreo29/04/2020 | 11h50Atualizada em 29/04/2020 | 14h28

Em operação com helicóptero, quatro são presos por tráfico de drogas em Caxias do Sul

Aeronave com holofote chamou atenção de moradores da Zona Leste

Em operação com helicóptero, quatro são presos por tráfico de drogas em Caxias do Sul Brigada Militar / Divulgação/Divulgação
Material apreendido durante prisão de casal no bairro São Leopoldo Foto: Brigada Militar / Divulgação / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Um helicóptero sobrevoando com um holofote chamou atenção de moradores da zona leste de Caxias do Sul na noite desta terça-feira (28). A aeronave da Brigada Militar (BM) participava de uma operação de combate a homicídios e roubo de veículos. No patrulhamento, cinco pessoas foram detidas em duas ocorrências diferentes de tráfico de drogas. A identidade dos presos não foi divulgada em razão da lei de abuso de autoridade.

O primeiro flagrante aconteceu às 20h30min, na Rua Guilherme Franzoi, no bairro Bela Vista, onde duas mulheres, de 49 e 27 anos, e um adolescente de 17 anos foram detidos. Na ação, os policiais militares encontraram 1 quilo de maconha, 31 pedras de crack prontas para venda e mais um tijolo de crack (que seria suficiente para fazer outras 300 unidades da droga).

Segundo a BM, a mulher tem 49 anos já possuía antecedente por tráfico de drogas e estava em liberdade há apenas 15 dias. O trio foi apresentado à Polícia Civil para autuação em flagrante por tráfico de drogas.

Pouco depois, às 22h, um casal foi preso pelo mesmo crime no bairro São Leopoldo. Eles estavam em um veículo Picasso e, na ação, foram apreendidos 251 gramas de maconha, um revólver calibre .38, seis munições e R$ 1,1 mil. Os presos são um homem de 30 anos e uma mulher de 43. Ambos foram autuados por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Esta foi a primeira operação noturna que contou com o helicóptero equipado da base aeropolicial da Serra. O farol de busca foi instalado no início deste ano, mas necessitava de regulamentação junto a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

— Foi o primeiro voo que fizemos em Caxias, e agora a tendência é que façamos mais operações noturnas. O farol de busca permite este apoio de iluminação para abordagens e barreiras policiais, e também para buscas em locais ermos. O equipamento tem mobilidade dentro da aeronave, possibilita direcionar o faixo de luz e ampliar ou diminuir o diâmetro do foco — explica o major Marcos Teixeira, subcomandante do base aeropolicial da Serra.

A nave tem base em Caxias do Sul, mas responsabilidade sobre toda a região Norte, o que inclui a Serra, o Planalto, a região das Missões, o Alto Jacuí e até a fronteira noroeste.

Leia também
Uma ligação ao 190 evitou um roubo a residência em Caxias do Sul nesta segunda-feira
De casa, estudantes da UCS criam vídeo para comemorar o Dia Internacional da Dança
Projeto de lei prevê isenção da tarifa de água para 14 mil famílias de Caxias do Sul

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros