Polícia Civil anuncia restrição de acesso ao público nas delegacias - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Atenção18/03/2020 | 10h18Atualizada em 18/03/2020 | 10h18

Polícia Civil anuncia restrição de acesso ao público nas delegacias

A recomendação é o uso da Delegacia Online para serviços básicos

Polícia Civil anuncia restrição de acesso ao público nas delegacias Marco Favero/Agencia RBS
Pelo menos 30% das ocorrências feitas em DPs podem ser registradas pela Delegacia Online Foto: Marco Favero / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Ponto comum de aglomeração de pessoas, as delegacias de polícia (DP) do Rio Grande do Sul restringirão o acesso da população. A medida faz parte de um plano de contingência de medidas temporárias de prevenção interna à disseminação do contágio pelo coronavírus. A chefe de polícia Nadine Anflor explica que está previsto um distanciamento entre as pessoas e, dependendo do número de cidadãos dentro do local, alguns terão que aguardar atendimento fora da DP. As medidas visam, segundo ela, a segurança da população e dos policiais:

—  Não estamos fechando nenhuma delegacia, mas adequando o trabalho à realidade de agora para evitar que todos fiquem sentados no mesmo ambiente. Às vezes ficam 20, 30 pessoas juntas.

Nadine garante que todas as delegacias possuem álcool gel disponível ao público. Os policiais seguirão trabalhando normalmente. A chefe de polícia afirma que não há casos suspeitos na Polícia Civil. Policiais grávidas e com doenças crônicas, irão trabalhar de casa. Servidores que recém chegaram de viagem, também. Haverá revezamento de servidores em áreas administrativas conforme decisão dos diretores de departamento.

No site delegaciaonline.rs.gov.br é possível reportar perda de objetos e documentos, acidente de trânsito sem feridos, furto, ofensas, maus-tratos contra animais, perturbação, localização de objetos ou documentos, danos, abigeato, ameaça, desaparecimento de pessoas, violação de domicílio e danos causados por fenômenos da natureza.

Assim como os demais servidores das segurança, todos os policiais civis tiveram suas férias suspensas. Inclusive os que estavam fora do Estado foram chamados para retornar.

Como registrar ocorrência na delegacia online

Por meio do site www.delegaciaonline.rs.gov.br é possível registrar fatos sem a necessidade de deslocar-se até uma Delegacia de Polícia. Ao fazer o registro, o usuário recebe, em até duas horas, acesso ao boletim de ocorrência, com a mesma validade do documento que seria entregue presencialmente em uma DP. A ferramenta está disponível 24 horas por dia e de qualquer lugar, basta ter acesso à internet.

O que pode ser registrado?

Perda de objetos e documentos, acidente de trânsito sem feridos, furto, ofensas, maus-tratos contra animais, perturbação, localização de objetos ou documentos, danos, abigeato, ameaça, desaparecimento de pessoas, violação de domicílio, danos causados por fenômenos da natureza.

O que ocorre após o registro?

O cidadão receberá um e-mail, no endereço eletrônico informado à polícia, no qual será confirmado se a ocorrência foi deferida ou indeferida. O indeferimento poderá ocorrer por falhas no preenchimento ou por relatos, no histórico da ocorrência, de fatos que não estão disponíveis para registro no site. Sendo deferida, a pessoa poderá acessar o site da Delegacia Online, informar o seu número de protocolo e imprimir o boletim de ocorrência oficial com autenticação digital.

Ocorrências graves podem ser registradas pela delegacia online?

Não. Crimes graves como homicídios, latrocínio, estupros, crimes contra mulher, idoso, crianças e adolescentes só podem ser registrados nas delegacias físicas.

Leia também
FSG suspende aulas em Caxias do Sul e Bento Gonçalves devido à pandemia de coronavírus
Caxienses que voltam do Exterior seguem recomendação de isolamento domiciliar
Diocese de Caxias do Sul suspende atividades  


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros