Para evitar aglomeração, Polícia Civil pede que comunidade utilize a delegacia online - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Registro de ocorrências17/03/2020 | 16h08Atualizada em 17/03/2020 | 16h22

Para evitar aglomeração, Polícia Civil pede que comunidade utilize a delegacia online

Site criado para facilitar acesso ao cidadão ganha importância neste período de prevenção ao coronavírus

Para evitar aglomeração, Polícia Civil pede que comunidade utilize a delegacia online Reprodução/
Foto: Reprodução
Pioneiro
Pioneiro

Diante da pandemia de coronavírus no Brasil, a Polícia Civil gaúcha reforça o pedido para que a população utilize a delegacia online. Pela internet, é possível fazer um boletim de ocorrência com a mesma validade do que é feito presencialmente em uma Delegacia de Polícia. No site, é possível registrar delitos de menor potencial, como furtos, ameaças, perturbação do sossego e acidentes de trânsito sem lesões. Para crimes violentos, como roubos com lesões, estupros e maus-tratos de idosos, o atendimento continua presencial nas delegacias de polícia.

Leia mais
Tudo que você quer saber sobre o coronavírus
Acompanhe os casos descartados, suspeitos e confirmados na Serra
Prefeitura planeja montar estrutura para atender casos de coronavírus em Caxias

A recomendação segue a orientação dos órgãos de saúde para evitar contato e aglomeração em locais fechados. Feito de forma online, diminui-se os riscos de contágios tanto pelas vítimas como aos policiais. Afinal, as delegacias continuam atuando normalmente e obrigatoriamente recebem prisões em flagrante e atendimento de casos graves, como homicídios e assaltos com feridos.

Criada em 2002 com o objetivo de facilitar o acesso do cidadão, o site da delegacia online foi planejado para ser intuitivo. O formato de perguntas e respostas orienta o cidadão sobre o que pode ser registrado.

Como registrar ocorrências na delegacia online

O site www.delegaciaonline.rs.gov.br foi criado para registrar fatos sem a necessidade da vítima deslocar-se até uma Delegacia de Polícia. Ao fazer o registro, o usuário recebe, em até duas horas, acesso ao boletim de ocorrência, com a mesma validade do documento que seria entregue presencialmente em uma delegacia. A delegacia online está disponível 24 horas por dia, basta ter acesso à internet.

O que pode ser registrado?
Perda de objetos e documentos, acidente de trânsito sem feridos, furto, abigeato, maus-tratos contra animais, perturbação do sossego, dano ao patrimônio, ameaça, ofensa, desaparecimento de pessoas, violação de domicílio, danos causados por fenômenos da natureza, localização de objetos ou documentos.

O que acontece após o registro?
O cidadão receberá um e-mail, no endereço eletrônico informado à polícia confirmando se a ocorrência foi deferida (aceita) ou indeferida (não aceito). Sendo deferida, a pessoa poderá acessar a Delegacia Online, utilizar o seu número de protocolo (composto por 15 dígitos e informado durante o registro) e imprimir o boletim de ocorrência oficial com autenticação digital.

Ocorrências graves podem ser registradas pela delegacia online?
Não. Crimes graves como homicídios, latrocínio, estupros, roubos com lesões, crimes contra mulher, idoso, crianças e adolescentes só podem ser registrados nas delegacias físicas.

Leia também
Visitas nos presídios gaúchos serão suspensas por 15 dias devido ao coronavírus
Coronavírus: audiências e prazos processuais são suspensos no Rio Grande do Sul

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros