Homem confessa assassinato de vizinho em Bento Gonçalves - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Investigação05/03/2020 | 11h36Atualizada em 05/03/2020 | 11h36

Homem confessa assassinato de vizinho em Bento Gonçalves

Ele se apresentou à polícia um dia após a morte do jovem de 20 anos, mas responderá em liberdade

Um homem de 53 anos confessou ser o autor da morte de Bruno Alves, 20 anos, ocorrida no dia 23 de fevereiro, um domingo, em Bento Gonçalves. Ele procurou a Polícia Civil no dia posterior ao crime, mas não foi preso. A ocorrência envolvendo o assassinato do rapaz foi registrada por volta das 21h, na Rua João Fedrigo, no bairro São João. Alves foi atingido por três tiros. O pai do jovem também foi ferido, mas sobreviveu.

Leia mais
Jovem é morto a tiros após briga entre vizinhos em Bento Gonçalves

Na delegacia, o homem apresentou a arma utilizada no crime, um revólver calibre 38. Conforme a delegada Maria Isabel Zerman Machado, ele alegou que tinha desavenças com as duas vítimas. Eles são vizinhos.

— Ele alegou legítima defesa. Disse que já tinha sido agredido no ano passado e que no dia do fato foi ameaçado, que atirou porque acreditou que morreria  —  afirma a delegada.

O homem foi ouvido e liberado no mesmo dia.

— Não foi uma prisão em flagrante e não tinha requisitos para uma prisão preventiva — explica a delegada.

O pai de Alves prestou depoimento nesta quarta-feira (4). A delegada diz que os próximos passos da investigação são ouvir outras testemunhas e verificar o resultado da perícia para concluir o inquérito. 

Leia também
Homem fica pendurado em grade após tentar furtar veículo em Farroupilha
Em menos de 24h, suspeito é detido duas vezes por furtos na Serra
Identificado motorista morto em acidente entre carro e caminhão em Guaporé
Suspeitos de assaltos são presos com carros roubados em Caxias  

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros