Imagens auxiliarão polícia a identificar autores de assassinato de jovem de 17 anos em Bento - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Investigação10/02/2020 | 11h40Atualizada em 10/02/2020 | 12h16

Imagens auxiliarão polícia a identificar autores de assassinato de jovem de 17 anos em Bento

Caso foi o primeiro de uma série de três homicídios na cidade desde a sexta-feira

Imagens de uma câmera de segurança auxiliarão a Polícia Civil a identificar os autores do assassinato de Luiz Henrique Kovaleski, 17 anos, em Bento Gonçalves. O crime ocorreu pouco depois da meia-noite de sexta-feira (7) no bairro São Francisco. Segundo testemunhas ouvidas inicialmente pela polícia na área onde ocorreu o crime, houve uma briga generalizada e disparos de arma de fogo. A vítima foi encontrada na rua Borges do Canto.

Conforme o delegado Álvaro Becker, titular do 2º Distrito Policial de Bento Gonçalves, a polícia conseguiu obter imagens de uma câmera de segurança próxima que mostram o momento do crime. Segundo ele, há nitidez suficiente para possibilitar a identificação dos envolvidos.

— Eles serão chamados a depor nos próximos dias. Caso não se apresentem, vamos solicitar a prisão preventiva dos envolvidos — afirma.

Leia mais
Identificado adolescente morto a tiros em Bento Gonçalves
Jovem de 16 anos é o terceiro a ser assassinado em Bento Gonçalves neste ano
Três jovens são mortos em quatro dias em Bento Gonçalves

O delegado conta que chama atenção o grau de violência. Segundo ele, as imagens mostram que a vítima estava com outros três amigos, e havia também um grupo rival com cinco ou seis jovens. A ação é flagrada em diferentes momentos. Na hora do crime, um dos integrantes do grupo rival atira contra Kovaleski, que cai. Na sequência, o atirador tenta disparar novamente, mas o tiro não sai. A partir daí, ele começa, junto com outros dois jovens, a chutar a vítima, já caída.

Conforme Becker, todos os integrantes do grupo deverão ser enquadrados pela participação no assassinato. A polícia vai analisar por quais crimes cada um será indiciado, de acordo com a participação de cada envolvido. As imagens também mostram um carro passando no local um pouco antes do crime, mas não está claro se o veículo tem alguma relação com os autores do assassinato. Em princípio, os dois grupos estavam a pé.

Ainda não está clara para o delegado a motivação do crime. Segundo a mãe da vítima, que foi ouvida pela polícia ainda na sexta-feira, o jovem havia ligado para ela por volta das 21h, depois de sair do trabalho, dizendo que iria encontrar a namorada. Ela não aparece nas imagens e ainda deverá ser ouvida para reunir mais dados na investigação.

A morte de Kovaleski foi a primeira de uma série de três homicídios entre a sexta e o domingo. Mathias Augusto Rodrigues Cuenca, 16 anos, foi morto no fim da madrugada de sábado no bairro Zatt. No mesmo bairro,  Ezequiel Barreto Ribeiro, 25 anos,  foi morto a tiros na noite de domingo.

Leia também
Corpo de adolescente que estava desaparecido é encontrado na barragem da Maestra em Caxias
Samae planeja instalar câmeras no entorno de represas de Caxias até o fim do ano

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros