VÍDEO: após tumulto com jovens, forças de segurança irão intensificar ações nos finais de semana em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Correria e agressões27/01/2020 | 16h29Atualizada em 27/01/2020 | 17h50

VÍDEO: após tumulto com jovens, forças de segurança irão intensificar ações nos finais de semana em Caxias do Sul

No último domingo, confusão foi flagrada no bairro São Pelegrino

VÍDEO: após tumulto com jovens, forças de segurança irão intensificar ações nos finais de semana em Caxias do Sul Reprodução/Divulgação
Moradores flagraram tumulto e agressões na Avenida Itália Foto: Reprodução / Divulgação

O tumulto com jovens no último domingo (27) no bairro São Pelegrino, em Caxias do Sul, gerou novo alerta nas forças de segurança. A Brigada Militar (BM) aponta que as imagens divulgadas e compartilhadas nas redes sociais, que mostram ações semelhantes a arrastões, são preocupantes e ações para coibir tumultos são analisadas. A prefeitura, por meio de nota, também informou que a Guarda Municipal irá intensificar rondas na área da Estação Férrea e na Praça das Feiras nos finais de semana.

No comunicado, a administração municipal afirma ter recebido relatos sobre brigas de bondes e perturbação do sossego no domingo. À tarde, a Guarda Municipal abordou um grupo na Praça João Pessoa e apreendeu dois jovens por posse de entorpecentes (30 gramas de maconha). Eles foram encaminhados à Central de Polícia.

Guarda Municipal promete intensificar ações aos finais de semana após tumulto com jovens no centro de Caxias do Sul.
Abordagem na Praça João Pessoa apreendeu 30 gramas de maconhaFoto: Guarda Municipal / Divulgação

O comando do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM) aponta que sempre há uma atenção maior no entorno da Estação Férrea e, principalmente, em dias de passe livre no transporte coletivo. Sobre o tumulto no domingo, o tenente-coronel Jorge Emerson Ribas lembra que a confusão aconteceu no momento em que do efetivo estava mobilizado para o jogo entre Caxias e São José no Estádio Centenário, em Caxias.

— Não vínhamos tendo muitos problemas e não acho que (este tumulto) tenha relação direta com a Estação Férrea, muito em razão do horário (próximo das 17h30min). No horário do jogo, temos um efetivo deslocado e é mais uma dificuldade (além do efetivo reduzido do batalhão). É sempre um motivo de alerta e as imagens são bem preocupantes — comenta o tenente-coronel.

A correria de cerca de 50 adolescentes na Avenida Itália (confira vídeo abaixo) relembra um problema antigo de Caxias do Sul: a atuação de bondes em dias de passe livre de ônibus. Em maio de 2013, após uma série de confrontos entre grupos de jovens no Dia do Trabalho, as forças de segurança criaram uma força-tarefa contra os bondes. No início de 2019, o vereador Ricardo Daneluz (PDT) propôs a extinção do passe-livre, que acontece um domingo por mês no transporte coletivo. O projeto segue em trâmite, mas não poderá ser votado neste ano em função de que Daneluz se tornou o presidente da Câmara de Vereadores. 

"Parecia um arrastão", relata moradora

O tumulto que gerou nova preocupação das áreas de segurança aconteceu no bairro São Pelegrino no final da tarde e foi filmado por moradores. Há relato de que dois adolescentes foram agredidos, entre eles um rapaz, que teria desmaiado. No entanto, não há registros de atendimentos médicos sobre a confusão. A BM informa que foi acionada às 17h49min e, quando os policiais militares chegaram ao local, os grupos já haviam dispersado.

As imagens mostram dezenas de adolescentes invadindo a Avenida Itália, próximo da Igreja São Pelegrino. Há muita gritaria e uma jovem é agredida. Três motoristas não conseguem passar e começam a buzinar na tentativa de dispersar o grupo. Ao se aproximarem, têm os carros chutados. Na sequência, há nova correria em direção ao Centro. De acordo com testemunhas, é quando um rapaz é agredido até ficar inconsciente na via pública.

— Bateram tanto neste menino que ele chegou a desmaiar. Dava para ouvir o pessoal gritando: "vão matar o piá". Depois, um carro parou, daí pegaram (a vítima) pelos braços e pernas, e botaram dentro no carro — relata a gerente comercial Graciele Fank, 32 anos, que filmou a confusão da sacada do seu apartamento.

As primeiras vítimas do tumulto eram duas adolescentes que caminhavam enquanto eram assediadas verbalmente e agredidas. Pelas imagens que circulam nas redes sociais, que tem autoria desconhecida, mas aparentam ser filmadas pelos próprios membros do bonde, todos os envolvidos são menores de idade.

— Pelo que deu para entender, (o bando) estava provocando outras pessoas que passavam pela rua. Aquelas (duas) meninas (agredidas) não estavam junto daquele bonde todo. Eles passavam puxando o cabelo, a roupa, chutando, até que uma das meninas caiu e todos avançaram nela — comenta Graciele.

A moradora conta que, após 10 minutos, chegaram três motocicletas da BM, o que fez todos os adolescentes dispersarem. A gerente comercial mora há seis meses no bairro São Pelegrino e relata que não é a primeira vez que presencia confusões envolvendo jovens.

— É comum, quase todo final de semana tem algazarra. Mas nunca na proporção deste domingo, era sempre com menos gente. Desta vez foi assustador. Parecia um arrastão — afirma.

Leia também
Novo viaduto em Vacaria tem investimento de R$ 1 milhão
Prefeitura de Caxias pode ser incluída em processo do Monte Carmelo
Motociclista e caroneiro são presos com drogas em Caxias

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros