Mulher é morta a facadas em Nova Petrópolis - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Feminicídio20/01/2020 | 09h47Atualizada em 20/01/2020 | 14h57

Mulher é morta a facadas em Nova Petrópolis

Suspeito de ter cometido o crime é o marido da vítima

CORREÇÃO: A vítima foi morta em um carro a facadas e não em casa com pauladas e esfaqueada. A informação equivocada, repassada pela Polícia Civil, permaneceu publicada das 9h47min até às 11h58min desta segunda-feira (20).

Rosane Marlise Birk Groth, 37 anos, foi vítima de feminicídio na manhã desta segunda-feira (20) no interior de Nova Petrópolis. O suspeito do crime, conforme a Polícia Civil, é o marido da vítima. A polícia foi acionada por volta das 7h para atender a uma ocorrência no distrito de Pinhal Alto.

O crime aconteceu quando Rosane saía de casa, na estrada Pinhal Alto, no interior do município. A vítima conduzia um Fox prata e dava carona para uma amiga, quando o veículo foi atingido por um Fiesta vermelho conduzido pelo ex-marido da vítima.

O homem, que não teve a identidade divulgada pela polícia, desembarcou do Fiesta e foi até a ex-companheira. Rosane se recusou a sair do Fox, por isso o agressor usou uma marreta para quebrar o vidro da porta. A mulher foi esfaqueada e morta ainda no banco do motorista.

A hipótese dos policiais é que o assassino preparou a emboscada para Rosane, mas não esperava que ela estivesse acompanhada. Ao perceber a testemunha, o homem fugiu correndo e levou apenas a faca do crime. O Fiesta, seus documentos e a marreta foram abandonadas no local. Foi a amiga testemunha que acionou a polícia após o crime.

Até as 14h30min desta segunda, a Polícia Civil e a Brigada Militar (BM) continuavam mobilizadas na localidade de Pinhal Alto em busca pelo assassino. Em razão da legislação sobre abuso de autoridade, o delegado Camilo Pereira Cardoso não revela detalhes sobre o suspeito e sua relação com a vítima, mas confirma que a principal linha de investigação é feminicídio.

Este é o segundo feminicídio registrado na Serra em 2020. A primeira vítima foi Roselane Cândida da Silva, 45 anos,morta a tiros no último dia 11 quando chegava para fazer compras em um mercado no Centro de Canela. O autor, Manoel Adelar da Silva, 63 anos, se suicidou após o ataque.

Leia também
Mulher é ferida com golpes de faca nas costas e na mão em Caxias
Alimentos orgânicos tiveram crescimento de 20% em Caxias do Sul
Os rumos de MDB, PDT e PSB na eleição à prefeitura de Caxias

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros