Irmãos se apresentam e confessam homicídio em Farroupilha - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Depoimento09/12/2019 | 16h42Atualizada em 09/12/2019 | 17h12

Irmãos se apresentam e confessam homicídio em Farroupilha

Investigados alegam legítima defesa

Irmãos se apresentam e confessam homicídio em Farroupilha Polícia Civil / divulgação/divulgação
Foto: Polícia Civil / divulgação / divulgação

Dois envolvidos na morte de Junior Simplicio Gassen, 25 anos, se apresentaram à Polícia Civil de Farroupilha na tarde desta segunda-feira (9). Os irmãos Leandro, 34, e Fabiano Rodrigues, 43, confessaram a autoria dos tiros, mas alegaram legítima defesa. A desavença, segundo eles, foi motivada por uma dívida referente à negociação de um imóvel. Leandro estava com a prisão preventiva decretada e foi encaminhado para o sistema penitenciário.

Leia mais
Assassinatos triplicam em Farroupilha, mas não causam temor
Dos 22 assassinatos em Farroupilha, 13 aconteceram em dois bairros da cidade

O crime aconteceu na Rua Alessio Cauduro, no bairro Industrial, por volta das 19h da última sexta-feira (6). No depoimento, acompanhado por seu advogado, Leandro contou que estava com o irmão em uma padaria quando encontraram Gassen. Houve discussão sobre a dívida e os três embarcaram em um Uno Way cinza, pois a vítima teria dito que só faria o pagamento à mãe dos irmãos.

Leandro informou que a discussão prosseguiu no trajeto e, ao chegarem no lugar onde a mãe da dupla estaria, Gassen e seu irmão Fabiano entraram em luta corporal. Leandro afirma que buscou um revólver calibre .38 dentro da casa e deu dois tiros para cima, para cessar a briga, e mais um na direção da vítima. Segundo ele, sem intenção de matar.

Gassen foi atingido no peito e no ombro, e caiu. Leandro relata que embarcou no Uno Way e fugiu do local da briga. O suspeito entregou à polícia o revólver utilizado no crime. Segundo o advogado Carlos Alberto Sandoval, o depoimento de Fabiano foi semelhante ao do irmão. Por não ser o autor dos tiros, Fabiano poderá responder ao processo em liberdade.

Este foi o 23º assassinato em Farroupilha em 2019. O número é três vezes maior que o registrado em todo o ano passado, quando foram registrados sete homicídios. Nove dos assassinatos de 2019 aconteceram no bairro Industrial, a maioria em uma área invadida onde o tráfico de drogas é um problema histórico.

Leia também
Baleado em assalto a supermercado é o nono criminoso morto em confronto com policiais em Caxias em 2019
Remoção de pedras na RS-122, em Farroupilha, será intensificada
Identificado motorista morto em acidente na RS-453, em Caxias

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir